Meteorologia

  • 20 JUNHO 2019
Tempo
20º
MIN 19º MÁX 22º

Edição

Ministro da Defesa saúda "diálogo muito positivo" com PSD, CDS e PCP

O ministro da Defesa Nacional saudou hoje o "diálogo muito positivo" com o PSD, CDS e PCP sobre as alterações à proposta de Lei de Programação Militar, frisando que o resultado "respeita a estrutura" da proposta inicial.

Ministro da Defesa saúda "diálogo muito positivo" com PSD, CDS e PCP
Notícias ao Minuto

21:38 - 29/04/19 por Lusa

Política Programação

"O que é muito importante é que, conforme disse logo no momento da apresentação da LPM [Lei de Programação Militar], não acreditava que fosse uma proposta perfeita e que havia espaço para melhoria e houve melhoria durante o processo de diálogo parlamentar, um diálogo muito positivo com o PSD, CDS e com o PCP", declarou.

Em entrevista à Lusa, João Gomes Cravinho defendeu que o resultado das negociações com aqueles grupos parlamentares -- que se abstiveram na votação na generalidade, em janeiro -- "é melhor" mas, frisou, "respeita a estrutura básica da proposta que o Governo fez".

PS, PSD e CDS-PP entregaram hoje uma proposta de alteração conjunta à LPM para consagrar uma verba de 120 milhões de euros para a modernização das fragatas da classe Vasco da Gama. A discussão do diploma na especialidade está agendada para terça-feira de manhã na comissão parlamentar de Defesa.

Mantendo o montante do investimento igual ao da proposta de lei, de 4,7 mil milhões de euros para equipamento militar até 2030, as verbas "saíram" do projeto para a construção de um Navio Polivalente Logístico [NPL] que fica com 150 milhões de euros.

A capacidade de `ciberdefesa´ foi reforçada com mais cinco milhões de euros e foi alocada uma verba de 25 milhões de euros para projetos no âmbito da Cooperação Estruturada Permanente (PESCO, na sigla inglesa).

João Gomes Cravinho disse que o projeto do NPL, que corresponde a uma ambição antiga, desde 1991, da Defesa Nacional e das Forças Armadas, "não será prejudicado", porque é possível "adquirir um mais barato do que o topo de gama que tinha sido inicialmente concebido".

"Vamos finalmente adquiri-lo e, ao mesmo tempo, garantir outras capacidades necessárias, nomeadamente longevidade das nossas fragatas", disse.

O ministro destacou que a proposta de alteração conjunta contempla o reforço do investimento na `ciberdefesa´ e 25 milhões de euros para "projetos PESCO".

"É um elemento que não tinha sido inicialmente contemplado, porque é uma necessidade nova. Para ter retorno [nos projetos da defesa europeia) é preciso ir a jogo, algum investimento inicial", justificou.

Manifestando-se "muito satisfeito" com a proposta conjunta do PSD, PS e CDS-PP, Gomes Cravinho salientou ainda que "as opiniões do PCP foram tidas em conta no processo de consolidação da versão final", com o "objetivo de ter o máximo de apoio possível".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório