Meteorologia

  • 17 JUNHO 2019
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 17º

Edição

Morreu João Martins Pisco que se notabilizou no cancro da próstata

O médico estava nos EUA, a propósito da participação numa reunião da Sociedade de Radiologia de Intervenção. João Martins Pisco é, na imagem, o terceiro elemento a contar da direita.

Morreu João Martins Pisco que se notabilizou no cancro da próstata

Morreu João Martins Pisco, pioneiro da embolização da artéria prostática. O especialista notabilizou-se pelo pioneirismo do desenvolvimento da técnica da embolização da artéria prostática (PAE). O médico perdeu a vida na noite de 26 de março, mas só agora a informação foi confirmada através de comunicado enviados às redações.

João Martins Pisco estava nos Estados Unidos da América a propósito de uma reunião anual da Sociedade de Radiologia de Intervenção, que inclusive o havia agraciado com um prémio, como reconhecimento pela sua investigação de um novo tratamento para o cancro da próstata.

Destacou-se, ao longo da sua carreira, no âmbito da radiologia de intervenção - domínio onde se evidenciou pelas pesquisas desenvolvidas e pelos mais de 1800 procedimentos de PAE, pela defesa de uma medicina minimamente invasiva, pela formação e supervisão de radiologistas de intervenção em todo o mundo.

"O professor Pisco, com o qual trabalhei nos últimos 30 anos, era um médico e investigador com um legado inatacável e duradouro. Merece ter em Portugal o reconhecimento que conquistou em todo o mundo. Já trabalhava em novas pesquisas e felizmente o seu legado médico e científico terá continuidade com o trabalho do Professor Tiago Bilhim", afirmou Clara Pinto, diretora do Hospital St Louis, em Lisboa. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório