Meteorologia

  • 24 ABRIL 2019
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 14º

Edição

Suspeito de matar sogra e filha encontrado morto em casa

Homem estava em fuga desde o homicídio da sogra, na segunda-feira. Filha, de dois anos e meio, foi encontrada morta esta terça-feira no porta-bagagens do carro do pai.

Suspeito de matar sogra e filha encontrado morto em casa

O homem suspeito de ter matado a filha, de dois anos e meio, e a sogra, de cerca de 60 anos, no Seixal, foi encontrado morto, esta terça-feira, confirmou fonte da Polícia Judiciária ao Notícias ao Minuto.

As autoridades confirmaram ainda que o homem ter-se-á  suicidado, tal como ameaçara quando ligou para o INEM a contar onde estava o corpo da filha.

Já de acordo com a SIC Notícias, as autoridades terão encontrado o corpo do alegado homicida junto à casa dos pais, localizada em Castanheira de Pera, distrito de Leiria.

As forças de segurança procuravam o homem desde a manhã de segunda-feira, depois de a sogra ter sido encontrada morta na sua própria residência, no Seixal. Na altura, testemunhas tinham garantido às autoridades que o suspeito, de 39 anos, tinha abandonado o local com a filha, que vivia com a mãe e com os avós, na casa onde foi cometido o primeiro crime.

Esta terça-feira de manhã, recorde-se, as autoridades encontraram o corpo da criança dentro do porta-bagagens do veículo do suspeito, estacionado perto do McDonald's, em Corroios, depois de, alegadamente, o homem ter ligado para o INEM a dar conta da localização do mesmo.

Ainda segundo a SIC Notícias, o homem terá, pelo menos, um processo relacionado com violência doméstica. No dia em que terá matado a sogra estava, inclusive, marcada uma sessão destinada a regular as responsabilidades parentais sobre a criança. O ex-casal não se entendia sobre o tempo que a menina devia passar com cada um dos progenitores.

A investigação está a cargo da Polícia Judiciária (PJ) que, à Lusa, prometeu veicular "mais pormenores sobre o caso em comunicado".

Menina apresentava "sinais de asfixia" e terá morrido esta manhã

A criança de dois anos encontrada morta na bagageira de um carro em Corroios, Seixal, alegadamente assassinada pelo pai, apresentava sinais de asfixia, disse ao final da noite à agência Lusa fonte da Polícia Judiciária (PJ), admitindo ainda que o crime tenha ocorrido esta manhã.

A mesma fonte confirmou que o corpo do pai da criança foi encontrado perto de Castanheira de Pera, Leiria, e não em Pombal, no mesmo distrito, como inicialmente indicou a polícia, com um tiro de caçadeira.

O corpo do homem foi localizado perto de uma propriedade da família, em Castanheira de Pera, para onde o homem se deslocou de comboio, proveniente de Corroios, acredita a PJ.

Vão agora ser autopsiados os corpos do homem e da menina, bem como exames periciais e balísticos, para determinar - ou confirmar - as suspeitas da PJ, que tomou conta da investigação ao caso.

[Notícia atualizada às 20h45 com informações da PJ prestadas à agência Lusa]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório