Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 14º

Edição

O que vão fazer juntos Pedro Abrunhosa, Manuel Serrão e Júlio Magalhães?

Depois das férias grandes, o Clube dos Pensadores está de volta ‘ao trabalho’. E para assinalar o regresso e o 125.º debate, subirá ao palco, excecionalmente esta terça-feira, não um mas três convidados especiais. E o tema promete: o Norte e o Porto.

O que vão fazer juntos Pedro Abrunhosa, Manuel Serrão e Júlio Magalhães?
Notícias ao Minuto

14:10 - 12/11/18 por Ana Lemos 

País Clube Pensadores

O recuo na ida do Infarmed para o Porto, fez correr ‘muita tinta’ e revoltou muitos portuenses, que continuam a reclamar a centralização de serviços em Lisboa. Mais revolta causaram as urgentes obras de que necessita a ala pediátrica do Hospital S. João, e que continuam no papel.

Estes e outros temas convidam ao debate três portuenses de ‘gema’ que fizeram história na música, desporto e moda, e no jornalismo. Falamos do músico Pedro Abrunhosa, do empresário Manuel Serrão, e do jornalista e diretor-geral do Porto Canal, Júlio Magalhães, respetivamente.

O Norte e o Porto, a sua afirmação e potencialidades nas diversas áreas, serão o ponto de partida para uma conversa, que promete ser animada, esta terça-feira (13 de novembro), como habitualmente pelas 21h30 no Hotel Holiday Inn em Gaia.

Devemos continuar com as nossas lamúrias e queixume em relação a Lisboa e o poder central, ou reivindicar um estatuto de igualdade perante Lisboa? Devemos deixar de falar de Lisboa, não lhe dando importância excessiva, porventura, fazer como Barcelona que não fala de Madrid, afirma-se e segue o seu caminho ignorando a capital de Espanha? Temos que deixar de viver o estigma de ser a segunda cidade do país, se não houver outra maneira, um dia teremos que nos tornar independentes?

Estas, e outras questões, serão levadas a debate pelo fundador do Clube dos Pensadores, Joaquim Jorge que, no comunicado enviado ao Notícias ao Minuto, destaca que “os portuenses são gente com personalidade, mau feitio e com uma vontade inquebrantável, que têm figuras ímpares como um cientista de renome mundial, Sobrinho Simões, dois arquitetos, Álvaro Siza e Souto Moura, premiados com Pritzker”.

Além disso, lembra Joaquim Jorge, “era portuense umas das maiores violoncelistas do Mundo, Guilhermina Suggia, e tivemos um dos mais conceituados cineastas do Mundo, Manoel de Oliveira”, já para não falar que “o Porto tem o presidente do clube desportivo com mais títulos no Mundo: Jorge Nuno Pinto da Costa”.

Este será o 125.º debate do CdP, que neste último ano já contou com as presenças de Mário Nogueira, líder da Fenprof, António Saraiva, líder da CIP, Pedro Duarte, do PSD, Paula Teixeira da Cruz, ex-ministra da Justiça, Jaime Nogueira Pinto, politólogo, José Ramos-Horta, prémio Nobel da Paz, António Capucho, ex-PSD, e Mariana Mortágua, deputada do Bloco de Esquerda.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório