Meteorologia

  • 13 DEZEMBRO 2018
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 10º

Edição

Linha de prevenção do suicídio vai funcionar durante 48 horas seguidas

A linha de ajuda para prevenção do suicídio SOS Voz Amiga vai disponibilizar atendimento contínuo no domingo e na segunda-feira, para assinalar o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, disse hoje à Lusa o presidente do serviço, Francisco Paulino.

Linha de prevenção do suicídio vai funcionar durante 48 horas seguidas
Notícias ao Minuto

15:20 - 08/09/18 por Lusa

País SOS Voz Amiga

Na próxima segunda-feira, assinala-se o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio e um pouco por todo o mundo, onde quer que existam linhas telefónicas de apoio, neste dia procuramos dar visibilidade ao nosso esforço para contrariar este flagelo do suicídio", disse Francisco Paulino.

Em Portugal, a linha SOS Voz Amiga irá disponibilizar "48 horas de atendimento contínuo", sublinhou, saudando o esforço dos voluntários.

"É um esforço razoável da parte dos nossos voluntários, pois habitualmente, e porque não temos voluntários para mais, fazemos apenas oito horas diárias, entre as 16:00 e as 24:00", adiantou o presidente do serviço.

Fundada há 39 anos, a SOS Voz Amiga foi a primeira linha telefónica em Portugal de apoio em situações agudas de sofrimento causadas pela solidão, ansiedade, depressão e risco de suicídio.

O número de apelos quase triplicou entre 2013 e 2016, passando de 1.271 para 3.701, mas baixou para 3.335 no ano passado (menos 10%) devido à falta de voluntários, segundo Francisco Paulino.

Em 2017, a linha recebeu, em média, 278 chamadas por mês, a maioria (67%) feita por mulheres. A maior parte dos utentes tem entre 36 e 55 anos (46%).

As situações mais relatadas foram solidão/angústia (31%), doenças psíquicas, sobretudo depressão (22%), relações afetivas (9%) e relações familiares (9%).

Cerca de 7% das chamadas foram feitas por jovens até aos 25 anos, sendo as situações mais relatadas a automutilação, 'bullying', sexualidade e violência no namoro.

A ameaça de suicídio representou cerca de 5% das chamadas, sendo que destas 75% foram feitas por "pessoas com ideia de morte" e 15% por pessoas que já tinham "um plano de suicídio".

"Felizmente na maioria das situações, temos conseguido que o desenlace não se dê, disse o responsável.

O Dia Mundial de Prevenção do Suicídio foi criado em 2003 pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio e pela Organização Mundial de Saúde, com o objetivo de prevenir o ato do suicídio, através da adoção estratégias pelos governos dos vários países.

A nível mundial, todos os anos morrem em média cerca de um milhão de pessoas por suicídio e ocorrem entre 10 a 20 milhões de tentativas de suicídio por ano.

A Organização Mundial de Saúde estima que o suicídio seja a 13.ª causa de morte no mundo, sendo uma das principais entre adolescentes e adultos até aos 35 anos. A taxa de suicídio é maior nos homens do que nas mulheres.

Os últimos dados divulgados pela Direção-Geral da Saúde (DGS) indicam que o número de suicídios em Portugal mantém-se estável, situando-se em cerca de mil casos por ano.

Segundo o relatório do Programa para a Saúde Mental 2017, o número de suicídios é mais significativo no Alentejo e a taxa de mortalidade por suicídio tem maior incidência na faixa etária igual ou superior a 65 anos.

O relatório da DGS refere que o suicídio verifica-se sobretudo em pessoas com doenças mentais graves, na sua maioria tratáveis e integra o grupo de mortes potencialmente evitáveis.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório