Meteorologia

  • 30 NOVEMBRO 2021
Tempo
12º
MIN 7º MÁX 15º

Edição

Cientistas extraem água de ar muito seco

Investigadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, extraíram água de ar muito seco, com humidade relativa de 10%, segundo um estudo publicado na revista científica Nature Communications.

Cientistas extraem água de ar muito seco
Notícias ao Minuto

17:03 - 23/03/18 por Lusa

Mundo MIT

Há cerca de um ano, a mesma equipa do MIT anunciou ter criado um dispositivo alimentado a energia solar que extraía água do ar, com níveis de humidade baixa, na ordem dos 20% a 30%.

O dispositivo, revelado então num artigo publicado na revista científica Science, foi melhorado, asseguram agora os cientistas, tendo sido testado no telhado da Universidade do Arizona, na cidade norte-americana de Tempe, caracterizada pelo seu clima muito seco.

De acordo com o MIT, os atuais métodos de recolha de água a partir do ar exigem níveis de humidade relativa superiores, entre os 50% e os 100%, e o recurso a bombas e a compressores.

O dispositivo, que pode ser promissor para obter água onde ela falta e sem custos energéticos, foi construído com base numa estrutura metálico-orgânica porosa aquecida pela luz solar e que absorve o vapor de água e o transforma em água líquida num condensador.

A atual versão do equipamento foi desenhada para produzir apenas poucos mililitros de água e só funciona num ciclo diário de luz solar.

Os investigadores acreditam que o seu potencial pode ser melhorado se forem utilizadas outras fontes de energia, como a biomassa.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório