Cavalo colapsa ao puxar charrete com 17 pessoas

O animal ficou deitado nas ruas de Charleston, nos Estados Unidos, e teve de ser ajudado por populares e bombeiros para voltar a erguer-se. Grupos defensores dos direitos dos animais estão revoltados.

Mundo EUA

Crueldade Animal © Charleston Carriage Horse Advocates/Facebook

Crueldade Animal © Pix 11

1 / 2
Crueldade Animal

Crueldade Animal © Charleston Carriage Horse Advocates/Facebook

1 / 2
© Charleston Carriage Horse Advocates/Facebook

São imagens emocionantes as que chegam de Charleston, no sul dos Estados Unidos. Um cavalo colapsou quando puxava uma charrete com 17 pessoas.

PUB

Big John, o cavalo, transportava a charrete pelas ruas de Charleston quando tropeçou e colapsou.

O animal ficou deitado no chão. Algumas pessoas que andavam pelas ruas da cidade apressaram-se a ajudar o cavalo, que mais tarde conseguiu voltar a erguer-se, já sem os arreios, com a ajuda dos bombeiros que foram chamados ao local.

Big John ficou com pequenos arranhões nas patas e só voltará ao serviço quando um veterinário entregar um relatório às autoridades de Charleston.

Este caso gerou revolta entre os grupos de defesa dos direitos dos animais. O Charleston Carriage Horse Advocates captou e divulgou as imagens deste momento. Tal como o nome indica, o grupo é contra o uso de cavalos para estes passeios de charrete.

Outro grupo, o Bulls Defenders United, lembrou o passado ligado à escravatura da cidade de Charleston e na sua página no Facebook escreve que “a escravatura continua viva” em Charleston.

No final de fevereiro, um caso semelhante gerou polémica. Um cavalo colapsou no Central Park, em Nova Iorque. As imagens correram as redes sociais e os grupos de defesa dos direitos dos animais exigiram uma investigação.

Na internet já circulam petições para acabar com este tipo de passeios de charrete puxadas a cavalo.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser