Meteorologia

  • 17 JANEIRO 2022
Tempo
10º
MIN 7º MÁX 15º

Edição

Chapecó vai erguer memorial e dar o nome de Medellín a uma praça

O prefeito de Chapecó revelou hoje que a cidade do sul do Brasil vai construir um memorial para recordar as vítimas do acidente aéreo e batizar uma praça com o nome da Medellín em agradecimento à solidariedade colombiana.

Chapecó vai erguer memorial e dar o nome de Medellín a uma praça

"A ideia é transformar uma praça de Chapecó numa praça com o nome de Medellín, na qual instalaremos uma carta em bronze com a história da cidade colombiana. Vamos ter uma nova praça e um memorial para as vítimas", explicou Luziano Buligon, em conferência de imprensa.

Outra das medidas anunciada será a possível ampliação do estádio Arena Condá, a 'casa' do Chapecoense, para que a sua capacidade aumente dos atuais 19.000 lugares para 40.000.

O autarca indicou ainda que enviou ao Concelho Municipal de Chapecó um projeto de lei para converter Medellín em cidade 'irmã' do município brasileiro.

Buligon, que no sábado, nas exéquias fúnebres das vítimas do acidente aéreo que matou 71 pessoas, vestiu uma camisola do Atlético Nacional, equipa de Medellín, frisou que o seu objetivo é melhorar a autoestima da sua cidade e expressar claramente o agradecimento à Colômbia.

Um dos principais gestos de solidariedade colombiana foi o ato organizado pela autarquia de Medellín e pelo clube Atlético Nacional no seu estádio para homenagear as vítimas e que atraiu mais de 40.000 adeptos.

A 29 de novembro, a queda do avião da companhia Lamia causou a morte a 71 das 77 pessoas que seguiam a bordo, incluindo a maioria dos jogadores da Chapecoense, dirigentes e jornalistas que acompanhavam a equipa, que se preparava para disputar a primeira mão da final da Taça Sul-americana com os colombianos do Atlético Nacional.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório