Meteorologia

  • 23 JULHO 2024
Tempo
34º
MIN 23º MÁX 38º

Mulher fica retida na Tailândia devido a problema insólito com passaporte

"Nunca pensei que seria um problema tão grande para mim", afirmou Rosie Viscomi, de 27 anos.

Mulher fica retida na Tailândia devido a problema insólito com passaporte
Notícias ao Minuto

17:09 - 10/07/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Tailândia

Uma mulher, natural do Reino Unido, ficou em lágrimas por ter sido retida na Tailândia devido a um rasgo de "um centímetro" no passaporte. "Nunca pensei que seria um problema tão grande para mim", afirmou Rosie Viscomi, de 27 anos.

Rosie estava hospedada numa ilha tailandesa desde abril, onde permaneceu para tirar uma certificado em ioga. Além disso, a mulher participou em ações de voluntariado até resolver voltar a casa, em Norfolk, no início do mês. 

A professora reservou um voo com várias escalas, que passaria por Banguecoque, Índia e Turquia até chegar, finalmente, a Londres, conta o New York Post.

Foi no aeroporto de Banguecoque que o pior aconteceu, já que Rosie foi impedida de seguir viagem por uma equipa da IndiGo Airlines devido a um rasgo de "um centímetro" na página da fotografia do passaporte. "Não vai a lugar nenhum com isso", disseram-lhe.

Rosie considerou a situação incómoda, uma vez que o rasgo não tinha sido um problema nos embarques anteriores.

A mulher foi depois conduzida aos serviços de imigração, onde lhe disseram que "nada podiam fazer", o que levou Rosie às lágrimas. Com medo de ficar presa, a mulher entrou em contacto com a embaixada do Reino Unido na Tailândia que a ajudou a voltar a casa. 

O processo custou milhares de libras, pelo que Rosie ficou "sem dinheiro". 

Leia Também: Jovem hospitalizado após imolar-se em frente a consulado em Alicante

Recomendados para si

;
Campo obrigatório