Meteorologia

  • 21 JUNHO 2024
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 24º

Horas após queda de helicóptero, iranianos rezam pelo presidente do país

O helicóptero onde seguiam o presidente e o ministro dos Negócios Estrangeiros do Irão já foi localizado, mas ainda não foi encontrado.

Notícias ao Minuto

23:51 - 19/05/24 por Notícias ao Minuto com Lusa

Mundo Irão

Dezenas de iranianos juntaram-se, este domingo, na Praça Vali-e-Asr, no centro de Teerão, para rezar pelo presidente do Irão, Ebrahim Raisi, e pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Hossein Amir-Abdollahian. Ambos estão desaparecidos após uma queda de helicóptero que ocorreu há quase 12 horas, numa província do Azerbaijão Oriental.

"Espero que eles estejam bem e que sejam encontrados", disse uma cidadã iraniana, de 29 anos, à agência de notícias Agence France-Presse (AFP), identificada apenas como Vakili.

"Estou profundamente triste", disse outro residente". Esperamos que ele [Raisi] e os seus companheiros sejam encontrados de boa saúde".

Foi inicialmente avançado que o helicóptero que transportava o presidente iraniano foi obrigado a fazer uma "aterragem forçada" devido ao mau tempo. Posteriormente a televisão estatal iraniana IRNA, adiantou que, "segundo informações não confirmadas, o helicóptero que transportava o presidente Raisi teve um acidente na província do Azerbaijão Oriental".

O incidente com o aparelho onde seguia Ebrahim Raisi ocorreu perto da cidade de Jolfa, a cerca de 600 km a noroeste da capital Teerão, pelas 13h00 locais [11h00 em Lisboa].

Presidente do Irão continua desaparecido após

Presidente do Irão continua desaparecido após "acidente". O que se sabe

O líder supremo iraniano já veio pedir para "rezarem pela sua saúde" e um oficial iraniano adiantou que foi estabelecido contacto com um passageiro e um tripulante "em várias ocasiões"

Márcia Guímaro Rodrigues | 19:19 - 19/05/2024

O Exército iraniano indicou já ter localizado a posição "exata" do helicóptero, graças a um sinal da aeronave e a outro do telemóvel de um dos tripulantes. No entanto, a aeronave ainda não foi encontrada.

"Foi identificado o local exato da queda do helicóptero", declarou o comandante do Exército no Azerbaijão Oriental, general Asghar Abbasqolizadeh, segundo a IRNA. "Agora, vamos com todas as forças militares para a zona e esperamos dar boas notícias", acrescentou.

As buscas começaram a ser feitas inicialmente por 16 equipas de resgate. No entanto, segundo os serviços de emergência iranianos, estão várias dezenas de equipas empenhadas, além das Forças Armadas, devido ao mau tempo. As buscas aéreas foram dificultadas devido ao forte nevoeiro, como pode ver nos vídeos abaixo:

Raisi tinha estado no Azerbaijão no início de domingo para inaugurar uma barragem com o homólogo azeri, Ilham Aliyev, naquela que é a terceira barragem construída pelos dois países no rio Aras.

O Irão possui uma variedade de helicópteros no país, mas as sanções internacionais dificultam a obtenção de peças para os mesmos. A sua frota aérea militar também remonta, em grande parte, ao período anterior à Revolução Islâmica de 1979.

Raisi, de 63 anos, é um homem de linha dura que anteriormente dirigiu o poder judicial do país e é caracterizado como um protegido e possível sucessor do líder supremo do Irão, o aiatola Ali Khamenei.

Raisi venceu as eleições presidenciais iranianas de 2021, uma votação que registou a taxa de participação mais baixa da história da República Islâmica.

Leia Também: Ebrahim Raisi. Quem é o Presidente ultraconservador do Irão?

Recomendados para si

;
Campo obrigatório