Meteorologia

  • 18 JUNHO 2024
Tempo
20º
MIN 16º MÁX 21º

Helicóptero que transportava presidente do Irão faz "aterragem forçada"

O incidente com o aparelho onde seguia Ebrahim Raisi ocorreu perto da cidade de Jolfa, a cerca de 600 km a noroeste da capital Teerão.

Helicóptero que transportava presidente do Irão faz "aterragem forçada"
Notícias ao Minuto

14:15 - 19/05/24 por Notícias ao Minuto com Lusa

Mundo Irão

Um helicóptero que transportava o presidente do Irão, Ebrahim Raisi, terá sofrido um acidente, de acordo com a televisão estatal iraniana IRNA, que inicialmente avançou que a aeronave teve de fazer uma "aterragem forçada".

"Segundo informações não confirmadas, o helicóptero que transportava o presidente Raisi teve um acidente na província do Azerbaijão Oriental", informou a IRNA.

O incidente com o aparelho onde seguia Ebrahim Raisi ocorreu perto da cidade de Jolfa, a cerca de 600 km a noroeste da capital Teerão.

O helicóptero era um dos três que transportavam o presidente e a sua comitiva, segundo a imprensa local.

As buscas começaram a ser feitas inicialmente por 16 equipas de resgate. No entanto, segundo os serviços de emergência iranianos, há agora 40 equipas empenhadas. As buscas aéreas continuam a ser impossíveis devido ao mau tempo.

À agência de notícias Reuters, um alto funcionário do governo iraniano, que não quis ser identificado, adiantou que as vidas do presidente e do ministro dos Negócios Estrangeiros estão "em risco na sequência da queda do helicóptero".

"Ainda temos esperança, mas as informações provenientes do local do acidente são muito preocupantes", disse.

Raisi tinha estado no Azerbaijão no início de domingo para inaugurar uma barragem com o homólogo azeri, Ilham Aliyev, naquela que é a terceira barragem construída pelos dois países no rio Aras.

O ministro do Interior do Irão já tinha avançado que o acesso ao local do incidente vai demorar algum tempo. O nevoeiro espesso e a fraca visibilidade estão a dificultar os esforços para chegar ao local, ainda segundo a televisão estatal.

Entre as outras autoridades a bordo do helicóptero encontrava-se o governador da província do Azerbaijão Oriental e o Ministro dos Negócios Estrangeiros Hossein Amir Abdollahian.

O Irão possui uma variedade de helicópteros no país, mas as sanções internacionais dificultam a obtenção de peças para os mesmos. A sua frota aérea militar também remonta, em grande parte, ao período anterior à Revolução Islâmica de 1979.

Raisi, de 63 anos, é um homem de linha dura que anteriormente dirigiu o poder judicial do país e é caracterizado como um protegido e possível sucessor do líder supremo do Irão, o aiatola Ali Khamenei.

Raisi venceu as eleições presidenciais iranianas de 2021, uma votação que registou a taxa de participação mais baixa da história da República Islâmica.

[Notícia atualizada às 17h19]

Leia Também: Irão confirma negociação indireta com os Estados Unidos em Omã

Recomendados para si

;
Campo obrigatório