Meteorologia

  • 21 MAIO 2024
Tempo
19º
MIN 13º MÁX 20º

Vídeo mostra ataque que matou dois guardas prisionais em França

Ataque teve o objetivo de libertar um recluso, que estava a ser transportado numa carrinha prisional.

Notícias ao Minuto

08:08 - 15/05/24 por Notícias ao Minuto

Mundo França

Foi divulgado um vídeo do ataque que provocou a morte de dois guardas prisionais, na terça-feira, em França, naquela que foi uma emboscada a uma carrinha prisional para libertar o recluso Mohamed A., mais conhecido como 'La Mouche', que se encontra em fuga.

Recorde-se que tudo aconteceu numa portagem de Incarville, na região de Eure. Dois guardas prisionais foram mortos e três ficaram gravemente feridos depois de terem sido alvejados durante o ataque à carrinha, que transportava o recluso. 

Neste ataque estiveram envolvidos dois veículos e ambos foram encontrados, pelas autoridades, queimados.

França tem agora em curso uma caça ao homem, de 30 anos. 

A procuradora francesa da República de Paris, Laure Beccuau, traçou o perfil de Mohamed Amra, que estava estava detido desde 7 de janeiro de 2022 no âmbito de vários processos. Esteve detido em Fleury-Mérogis, na prisão de Santé em Paris, e em Marselha, antes de ser transferido para Évreux para aguardar julgamento.

Com apenas 30 anos, o homem nascido em 1994 já tem treze condenações, a primeira das quais em 2009, quando tinha apenas 15 anos. 

A maior parte destas condenações foram proferidas pelo Tribunal de Evreux e pelo Tribunal de Recurso de Rouen, e dizem respeito a crimes contra a propriedade, nomeadamente roubos, uma tentativa de homicídio e posse de arma de fogo.

Outra medida de prisão provisória foi decretada em setembro de 2023 num processo de investigação do tribunal de Marselha, no qual é indiciado por homicídio em gangue organizado, sequestro e associação criminosa, entre outros crimes.

Leia Também: Recluso em fuga em França já foi condenado 13 vezes. 1.ª foi aos 15 anos

Recomendados para si

;
Campo obrigatório