Meteorologia

  • 27 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 22º

ONU apela à libertação de três pessoas sequestradas na Colômbia

O gabinete da ONU para os Direitos Humanos na Colômbia apelou no sábado à libertação de três pessoas, entre eles dois investigadores da Procuradoria-Geral da República daquele país, sequestrados por rebeldes.

ONU apela à libertação de três pessoas sequestradas na Colômbia
Notícias ao Minuto

00:08 - 21/04/24 por Lusa

Mundo Colômbia

"Pedimos que a vida e a integridade destas três pessoas sejam respeitadas. Pedimos àqueles que os detêm que os libertem imediatamente, sãos e salvos", apelou a ONU na sua conta na rede social X.

A Procuradoria-Geral da República anunciou na sexta-feira que dois investigadores do Corpo Técnico de Investigação (CTI) foram sequestrados por guerrilheiros do grupo 'Dagoberto Ramos' do Estado-Maior Central (EMC), o maior grupo dissidente das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC).

O órgão de investigação rejeitou "a inaceitável retenção ilegal" dos dois funcionários do CTI da Procuradoria-Geral da República: Bethy Amanda Mage Imbachi e Gerzón René Rivera Fernández.

Entretanto, os guerrilheiros do grupo Dagoberto Ramos já confirmaram ter sequestrado os dois funcionários da Procuradoria-Geral da República, avança a agência de notícias espanhola EFE.

Os guerrilheiros disseram que os funcionários e outra pessoa "foram apanhados em trânsito" numa zona controlada por eles.

Para os dissidentes, "a rutura do cessar-fogo põe em risco os militares, a polícia e outros funcionários do Estado que se deslocam nas zonas sob controlo político e militar".

O caso acontece após o governo ter confirmado que já não estar a realizar negociações de paz com o guerrilheiro dissidente conhecido por "Iván Mordisco".

Leia Também: Grupo de 34 militares sequestrado no sul da Colômbia

Recomendados para si

;
Campo obrigatório