Meteorologia

  • 16 ABRIL 2024
Tempo
23º
MIN 13º MÁX 26º

Enfermeiras tentam proteger recém-nascidos durante sismo em Taiwan. Veja

As enfermeiras temiam que as janelas se partissem e ferissem os bebés.

Notícias ao Minuto

08:04 - 04/04/24 por Notícias ao Minuto com Lusa

Mundo Taiwan

Um grupo de enfermeiras tentou proteger recém-nascidos durante o sismo que assolou Taiwan na quarta-feira, num hospital local.

Nas imagens, que foram divulgadas nas redes sociais, pelo menos quatro enfermeiras são vistas a tentar imobilizar os berços dos recém-nascidos, tal como poderá verificar na galeria acima.

O vídeo terá sido partilhado por uma enfermeira que, segundo a BBC, integrava a equipa retratada nas imagens.

O mesmo meio adiantou que as enfermeiras temiam que as janelas se partissem e ferissem os bebés.

De salientar que o sismo de magnitude 7,4 na escala de Richter, o mais poderoso a atingir Taiwan em 25 anos, causou pelo menos nove mortes e 1.050 feridos, segundo o balanço mais recente.

Seis mineiros que tinham ficado presos numa pedreira foram resgatados esta quinta-feira pelas autoridades de Taiwan, que ainda procuram 101 pessoas retidas em túneis ou em zonas montanhosas isoladas.

Um grupo de 47 funcionários de hotéis e 24 turistas permanece preso junto a uma caverna no Parque Nacional Taroko, embora imagens de drones sugiram que a maioria está fora de perigo.

"Espero que possamos usar o tempo que temos hoje para encontrar todas as pessoas presas ou desaparecidas e ajudá-las a recuperar", disse o primeiro-ministro Chen Chien-jen, após uma reunião num centro de saúde em Hualien.

A ilha foi abalada por mais de 300 réplicas desde o primeiro sismo, e o Governo alertou a população para o perigo de deslizamentos de terra e queda de rochas.

O presidente eleito e atual vice-presidente da ilha, William Lai Ching-te, visitou Hualien na quarta-feira e referiu que o Governo já destinou 300 milhões de dólares de Taiwan (8,64 milhões de euros) para apoiar a região.

Taiwan é regularmente atingida por sismos, mas regulamentos de construção rigorosos e uma boa preparação para desastres naturais parecem ter evitado uma catástrofe na ilha.

O sismo levou à emissão de avisos de tsunami em Taiwan, no Japão e nas Filipinas, entretanto já levantados, e foi sentido em Xangai e em várias províncias ao longo da costa sudeste da China, de acordo com os meios de comunicação chineses.

A China continental e a ilha principal de Taiwan estão separadas por cerca de 160 quilómetros.

Taiwan situa-se ao longo do "Anel de Fogo" do Pacífico, a linha de falhas sísmicas que circunda o Oceano Pacífico e onde ocorre a maior parte dos sismos do mundo.

O pior sismo dos últimos anos em Taiwan ocorreu em 21 de setembro de 1999, com uma magnitude de 7,7, causando 2.400 mortos e cerca de 100 mil feridos, e destruindo milhares de edifícios.

Leia Também: Seis mineiros resgatados de pedreira em Taiwan após sismo

Recomendados para si

;
Campo obrigatório