Meteorologia

  • 18 ABRIL 2024
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 25º

Moscovo acusa British Council de espiar para Kyiv

Os serviços de segurança russos (FSB) acusaram hoje o British Council, a agência britânica para a educação e cultura, de recolher informações militares junto de refugiados ucranianos.

Moscovo acusa British Council de espiar para Kyiv
Notícias ao Minuto

22:11 - 21/02/24 por Lusa

Mundo Ucrânia/Rússia

Num comunicado, o FSB afirma que o British Council no Reino Unido, "através de organizações sob o seu controlo", está a recolher informações sobre a região ucraniana de Kherson, parcialmente ocupada pelas forças russas.

"Foram detetados casos em que esta organização estrangeira utilizou refugiados ucranianos residentes no Reino Unido para obter informações militares e políticas através dos seus contactos na região de Kherson", acusa o FSB.

Segundo o FSB, um residente da cidade de Novaya Maitchka, ocupada pelo exército russo, dirigiu-se às autoridades de ocupação para denunciar este alegado crime.

O FSB disse estar a efetuar "verificações" na região e alertou para a possibilidade de quem for apanhado a prestar informações poderá ser julgado sob a acusação de "colaboração confidencial com um governo", crime punível até oito anos de prisão.

Contactado pela AFP em Londres, o British Council ainda não comentou.

Fundado em 1934, o British Council é a agência internacional do Reino Unido para a educação e as relações culturais. 

Financiado por ajudas públicas, afirma funcionar de forma independente do governo britânico.

As autoridades russas ordenaram a expulsão do British Council na Rússia em 2018, depois de Londres ter acusado os serviços russos de tentar envenenar o ex-agente secreto Sergei Skripal e a filha Yulia no Reino Unido.

Leia Também: Apoio financeiro para a Ucrânia apenas com 10% do financiamento para 2024

Recomendados para si

;
Campo obrigatório