Meteorologia

  • 21 ABRIL 2024
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 26º

Ativista climática de 12 anos invade palco da COP28 e é detida. Ora veja

"Acabar com os combustíveis fósseis. Salvem o nosso planeta e o nosso futuro", podia ler-se no cartaz segurado por Kangujam.

Notícias ao Minuto

16:07 - 12/12/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Vídeo

Licypriya Kangujam, uma ativista climática de 12 anos de Manipur, na Índia, subiu ao palco da Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas 2023 (COP28), no Dubai, na segunda-feira, em protesto contra a utilização de combustíveis fósseis.

"Acabar com os combustíveis fósseis. Salvem o nosso planeta e o nosso futuro", podia ler-se no cartaz segurado por Kangujam, enquanto proferia um breve discurso, pelo qual apelou a uma salva de palmas do público.

O caso foi exposto pela própria, na rede social X (antigo Twitter), que deu conta ainda que o momento durou pouco tempo, tendo a jovem sido rapidamente escoltada para fora da sala.

"Detiveram-me durante mais de 30 minutos depois deste protesto. O meu único crime? - pedir a eliminação progressiva dos combustíveis fósseis, a principal causa da crise climática atual. Agora expulsaram-me da COP28", escreveu, na primeira publicação que partilhou.

Numa segunda publicação, a ativista questionou a razão pela qual foi escoltada e detida. "Se estão realmente contra os combustíveis fósseis então têm de me apoiar. Isto é uma violação grave e um abuso dos direitos da criança nas instalações da ONU, o que é contra os princípios da ONU. Eu tenho o direito de levantar a minha voz na ONU", frisou.

"Esta é uma tentativa de silenciar a minha voz. Podem impedir-me de entrar na #COP28UAE, mas não podem impedir o meu espírito. Confiem em mim, eu voltarei mais forte do que antes", rematou.

Veja o vídeo na galeria acima.

Leia Também: Amnistia denuncia "julgamento em massa" de vários ativistas durante COP28

Recomendados para si

;
Campo obrigatório