Meteorologia

  • 24 FEVEREIRO 2024
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 15º

EUA condenam "veementemente" ataques contra embaixada em Bagdade

Os Estados Unidos "condenaram veementemente" hoje os ataques contra a sua embaixada em Bagdade, bem como contra as tropas norte-americanas e da coligação no Iraque, e apelou às autoridades iraquianas para "levar os seus perpetradores à justiça".

EUA condenam "veementemente" ataques contra embaixada em Bagdade
Notícias ao Minuto

22:53 - 08/12/23 por Lusa

Mundo Iraque

"As numerosas milícias alinhadas com o Irão que operam livremente no Iraque ameaçam a segurança e a estabilidade do Iraque, os nossos soldados e os nossos parceiros na região", afirmou o Departamento de Estado dos EUA num comunicado.

Salvas de foguetes foram disparadas na madrugada de hoje contra a embaixada norte-americana localizada na ultra segura Zona Verde da capital iraquiana sem causar feridos, ilustrando o risco de escalada regional, após dois meses de guerra entre Israel e o Hamas palestiniano.

O ataque, que não foi imediatamente reivindicado, é o primeiro relatado contra a embaixada norte-americana desde que grupos armados pró Irão lançaram ataques semelhantes, em meados de outubro, contra militares norte-americanos ou forças da coligação antiterrorista internacional, no Iraque ou na vizinha Síria.

Hoje também, ocorreram cinco novos ataques tendo como alvo tropas norte-americanas e da coligação no Iraque e na Síria.

"Pedimos às forças de segurança iraquianas que investiguem imediatamente estes ataques, prendam os autores e levem-nos à justiça", afirma o Departamento de Estado, lembrando ao governo iraquiano o seu compromisso de proteger as instalações e missões diplomáticas.

Washington, no entanto, saudou o facto de o primeiro-ministro iraquiano, Mohamed Shia al-Soudani, ter condenado o ataque à embaixada norte-americana, chamando-o de "inaceitável e injustificável".

Leia Também: "Perigosa escalada". Oito mortos no Iraque em ataque dos EUA

Recomendados para si

;
Campo obrigatório