Meteorologia

  • 03 MARçO 2024
Tempo
14º
MIN 9º MÁX 16º

Elon Musk e Javier Milei conversam após troca de mensagens no Twitter

O presidente eleito da Argentina Javier Milei e o bilionário Elon Musk mantiveram, esta quarta-feira, uma conversa telefónica, após mensagens trocadas entre ambos na rede social Twitter (agora X), propriedade do empreendedor excêntrico.

Elon Musk e Javier Milei conversam após troca de mensagens no Twitter
Notícias ao Minuto

06:28 - 07/12/23 por Lusa

Mundo Argentina

"Foi uma conversa agradável", adiantou aos jornalistas Fernando Cerimedo, consultor de comunicação de Milei, à saída do hotel Libertador, onde o presidente eleito reside temporariamente até à sua tomada de posse, em 10 de dezembro.

Na terça-feira, Musk tinha publicado na sua página no X, rede social de sua propriedade anteriormente chamada Twitter, um vídeo de uma entrevista televisiva em que Milei aparece a criticar a ideia de justiça social e a elogiar o liberalismo.

Na resposta a essa mensagem, Milei retorquiu: "Elon, precisamos de conversar...".

A boa relação entre Milei e Musk não é recente, já que o fundador e diretor da SpaceX e da Tesla manifestou o seu apoio ao economista ultraliberal em dia 19 de novembro, após ser conhecida a vitória do líder do La Libertad Avanza, na segunda volta das eleições presidenciais na Argentina.

"A Argentina está a preparar-se para a prosperidade", garantiu Musk, na altura.

Pouco depois, a futura ministra dos Negócios Estrangeiros do Governo de Milei, Diana Mondino, declarou nas redes sociais que o próximo executivo estava a trabalhar para o 'desembarque' na Argentina do sistema de Internet via satélite Starlink - de propriedade de Musk -, algo que acontecerá em 2024, segundo os planos da própria empresa.

A afinidade entre os dois foi tornada pública pela primeira vez durante a campanha eleitoral, quando um dos principais jornalistas de Musk, o ex-apresentador da estação norte-americana Fox News, Tucker Carlson, entrevistou Milei no seu novo programa de entrevistas no X.

Nos últimos meses, Carlson entrevistou várias figuras políticas da extrema-direita global, como o ex-presidente dos EUA Donald Trump (2017-2021), o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, e o líder do partido político espanhol Vox, Santiago Abascal.

Leia Também: Argentina vive a tensa calma que antecede uma anunciada tempestade

Recomendados para si

;
Campo obrigatório