Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2024
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 14º

Menina israelita volta à escola após ser libertada pelo Hamas. O momento

Colegas não viram Emilia Aloni durante várias semanas. A menina tinha sido raptada pelo Hamas no dia 7 de outubro.

Notícias ao Minuto

23:58 - 05/12/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Emilia Aloni

Emilia Aloni, de apenas cinco anos, fazia parte do primeiro grupo de reféns a ser libertado pelo Hamas, no passado dia 24 de novembro. Após alguns dias de recuperação a menina israelita regressou à escola, esta terça-feira, tendo sido divulgado um vídeo do momento, que mostra a forma carinhosa como foi recebida pelos colegas.

No vídeo, partilhado nas redes sociais, Emilia é esperada ansiosamente por uma professora, que abre o protão e dá um forte abraço à menina, que se mostra sorridente.

Emilia acaba por correr em direção à porta, onde é abraçada por um colega, juntando-se, posteriormente, outras três meninas, que também a abraçam.

Posteriormente, outras crianças surgem pela porta da sala de aula gritando o seu nome, enquanto outra professora também surge nas imagens e a conduz para o interior da escola.

Pode ver o vídeo, partilhado pelo ativista Yosef Haddad, na galeria acima.

De realçar que Emilia foi raptada, juntamente com a mãe, Danielle Aloni, no dia 7 de outubro, no kibutz de Nir Oz. As duas estavam no primeiro grupo de reféns libertados pelo Hamas, no passado dia 24 de novembro.

Enquanto refém, Danielle escreveu uma carta, na qual disse que o Hamas tratava a filha como uma "rainha" em Gaza, agradecendo "do fundo do coração" pela "humanidade demonstrada".

Contudo, após a libertação, a mulher disse que a carta era propaganda.

Recorde-se que a guerra entre Israel e o Hamas em Gaza começou a 7 de outubro, na sequência de um ataque surpresa do grupo islamita em território israelita que fez mais de 1.200 mortos.

Por sua vez, Israel declarou guerra ao Hamas e, desde então, mais de 16.200 pessoas, incluindo mais de 7.000 crianças, já morreram no enclave.

Leia Também: Exército israelita vai manter segurança em Gaza por tempo ilimitado

Recomendados para si

;
Campo obrigatório