Meteorologia

  • 28 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 27º

Lukashenko alerta contra envio de mísseis de longo alcance aos ucranianos

O Presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko, alertou hoje para a possibilidade de uma guerra em grande escala devido ao envio pelos Estados Unidos de mísseis de longo alcance ATACMS para a Ucrânia.

Lukashenko alerta contra envio de mísseis de longo alcance aos ucranianos
Notícias ao Minuto

15:06 - 26/10/23 por Lusa

Mundo Ucrânia

"Cada vez damos novos passos rumo a uma guerra em grande escala, nomeadamente com a utilização da arma mais mortífera [os mísseis ATACMS]", afirmou o líder bielorrusso durante um encontro com o ministro dos Negócios Estrangeiros húngaro, Péter Szijjártó, em Minsk.

"É alarmante saber que poderemos destruir o sistema de ordem mundial existente, por muito mau e passível de críticas que este seja", declarou Lukashenko, citado pela agência de notícias oficial BELTA.

Segundo o líder bielorrusso, o fornecimento de mísseis ATACMS aos ucranianos constitui uma nova escalada na guerra na Ucrânia.

"A Rússia nunca se contentará com isso e nós também não", afirmou Lukashenko.

O Presidente bielorrusso garantiu que a posição de Minsk relativamente ao conflito no país vizinho é "praticamente a mesma da Hungria".

"Não precisamos desta guerra, assim como vocês", disse Lukashenko a Szijjártó.

O diplomata húngaro afirmou que o seu país manterá abertos os canais de comunicação com a Bielorrússia, apesar da situação atual.

"Manteremos sempre os canais de comunicação abertos, porque se os encerrarmos, perderemos a esperança de paz", disse o político húngaro.

Szijjártó acrescentou que a Hungria não quer que "mais pessoas morram nesta guerra e que haja mais destruição".

"Como isso pode ser evitado? Acabando com a guerra. Nós, húngaros, sabemos que a paz ocorre através de negociações", sublinhou.

Da mesma forma, o dirigente húngaro disse esperar pelo momento que "a cooperação euro-asiática se torne novamente uma realidade".

Leia Também: Polacos entre propostas opostas numa das votações mais incertas

Recomendados para si

;
Campo obrigatório