Meteorologia

  • 04 MARçO 2024
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 17º

Bella sofre da doença de Kleine-Levin. Passa dias e dias a dormir

A primeira vez que teve um episódio foi aos 17 anos, após uma bebedeira. Pensou que estava de ressaca durante 10 dias a oscilar entre o sono e a confusão mental.

Bella sofre da doença de Kleine-Levin. Passa dias e dias a dormir
Notícias ao Minuto

14:18 - 04/10/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Sono

Bella Andreou é a mulher mais parecida com a 'Bela Adormecida' que vai conhecer. Além das semelhanças no nome, a enfermeira britânica, de 24 anos, sofre da doença de Kleine-Levin (SKL), um distúrbio neurológico raro que faz com que a pessoa durma entre 16 horas a 24 horas por dia, de forma ininterrupta. Os episódios de sonolência podem durar dias, semanas ou mesmo mais de um mês.

Ao The Sun, Bella, que mora em Devon mas é de Newcastle, no Reino Unido, revelou que devido à doença já perdeu dias muitos especiais. As próprias festas de aniversário, espetáculos, feriados e até o casamento da amiga - onde era dama de honor.

Apesar dos inúmeros episódios, que tem desde 17 anos, o diagnóstico de SKL só chegou no passado dia 14 de setembro.

Bella vive em constante ansiedade. Luta com a hora de dormir. Dorme de luz acesa. Tudo para tentar vencer o sono. "Recentemente saí de um episódio de duas semanas a dormir 20 horas por dia. Por isso, neste momento, ando mais ansiosa", admitiu a profissional de saúde ao jornal britânico.

A primeira vez que Bella teve hipersonolência foi em 2016, depois de ter ficado bêbada pela primeira vez numa festa para festejar o fim das aulas.

Durante 10 dias, oscilou entre a confusão mental e o sono. Pensou que se tratava de uma grande ressaca. Contudo, pouco tempo depois teve outro episódio.

Entre os 17 e os 18 anos, Bella sofreu episódios a cada quatro semanas. Cada um durou entre 7 e 10 dias consecutivos. No entanto, os médicos disseram aos pais que ela estava a fazer isso apenas "para chamar a atenção".

"Pensei que estava a ficar maluca, que me iam internar. Eu sabia que algo de errado se passava comigo. Sou uma pessoa muito independente, muito alegre e extrovertida, mas quando estou com hipersonolência sou o oposto. Muito infantil, carente, falo como um bebé. Fico atordoada", revelou.

Sobre o nome 'corriqueiro' dado à doença, Bella admitiu que não gosta. "Se soubessem o que isto é não lhe chamavam síndrome da 'Bela Adormecida', porque realmente não é. É tudo menos belo, é um pesadelo", realçou.

Bella sabe agora que a condição pode ser desencadeada por álcool, stress e descontrolo hormonal. Apesar disso, é difícil controlar a doença.

Leia Também: Cinco alimentos que ajudam a combater o sono durante o dia de trabalho

Recomendados para si

;
Campo obrigatório