Meteorologia

  • 21 FEVEREIRO 2024
Tempo
15º
MIN 10º MÁX 20º

Violência doméstica. Berlim atribui 3,72 milhões a app de apoio a vítimas

O Ministério do Interior alemão vai atribuir cerca de 3,72 milhões de euros a uma aplicação móvel que oferece apoio individual e concreto a vítimas de violência doméstica e que funciona de forma silenciosa em 'smartphones'.

Violência doméstica. Berlim atribui 3,72 milhões a app de apoio a vítimas
Notícias ao Minuto

20:56 - 01/10/23 por Lusa

Mundo Violência doméstica

A aplicação, atualmente em fase de projeto-piloto nas regiões de Berlim e Hanover, estará disponível para vítimas de violência doméstica de cinco estados federais, através do apoio do Ministério do Interior alemão.

Simultaneamente, está previsto um acréscimo de funções e a introdução de melhorias técnicas e de conteúdo na aplicação.

Desta forma, além do reporte diário, documentado pelas vítimas e que pode ser usado como prova em tribunal, está prevista a criação de uma chamada de emergência silenciosa em caso de perigo extremo.

"A violência doméstica é para muitas mulheres uma parte terrível do seu dia-a-dia. Ninguém deve deixar sozinhas as mulheres afetadas", afirmou, citada num comunicado, a ministra do Interior, Nancy Faeser, congratulando-se pela implementação da parceria "Without Violence into the Future" como componente adicional do sistema de apoio existente.

"Através deste projeto de inovação digital, em estreita cooperação com os organismos de segurança e de polícia, podemos apoiar e acompanhar melhor as mulheres na sua difícil situação pessoal", acrescentou a ministra.

Também a presidente da associação envolvida na parceria, Stefanie Knaab, disse acreditar que o seu "projeto inovador é um contributo eficaz na luta contra a violência doméstica no âmbito das mais recentes possibilidades digitais".

Stefanie Knaab destacou ainda que a violência doméstica "é um problema estrutural que deve ser abordado e combatido em várias frentes", expressando agradecimento pela intenção do Governo alemão atribuir financiamento ao seu projeto até ao final de 2026.

O relatório sobre a violência doméstica da agência federal de investigações BKA de 2022 revela que, estatisticamente, em cada três dias uma mulher é assassinada pelo marido ou ex-marido, na Alemanha.

No ano passado, 133 mulheres e 19 homens foram mortos pelos parceiros ou ex-parceiros no país.

A percentagem de vítimas de violência doméstica cresceu o ano passado cerca de 9,1% comparativamente a 2021, passando para 157.818 pessoas.

Leia Também: Detido homem por exercer "violência psicológica" sobre a companheira

Recomendados para si

;
Campo obrigatório