Meteorologia

  • 04 MARçO 2024
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 17º

Geórgia pretende recuperar pacificamente territórios ocupados pela Rússia

A Geórgia pretende recuperar pacificamente os territórios ocupados pela Rússia, afirmou hoje o primeiro-ministro, Irakli Garibashvili, referindo-se à Ossétia do Sul e à Abcásia, reconhecidas por Moscovo como Estados independentes.

Geórgia pretende recuperar pacificamente territórios ocupados pela Rússia
Notícias ao Minuto

12:39 - 27/09/23 por Lusa

Mundo Geórgia/Rússia

"O grande desafio que a Geórgia enfrenta atualmente é a desocupação dos territórios ocupados pela Rússia. Os problemas com a Abcásia e a Ossétia só serão resolvidos por meios pacíficos", escreveu o chefe do Governo georgiano nas redes sociais no 30.º aniversário da queda da capital da Abcásia, Sukhumi, para os separatistas.

Garibashvili, juntamente com membros do executivo e outras autoridades, depositou uma coroa de flores na chama eterna na Praça dos Heróis, no centro da capital.

"A 27 de setembro de 1993, um dos acontecimentos mais dramáticos da história recente da Geórgia chegou ao fim", afirmou Garibashvili na mensagem à população, recordando a perda de Sukhumi.

O primeiro-ministro georgiano sublinhou que a derrota resultou numa "limpeza étnica, que transformou centenas de milhares de georgianos em refugiados".

Em memória dos mortos, as bandeiras dos edifícios públicos da Geórgia foram hoje colocadas a meia haste.

O conflito armado entre a Geórgia e a Abcásia começou a 14 de agosto de 1992 e terminou a 27 de setembro do ano seguinte com a vitória dos separatistas apoiados por milhares de voluntários russos, provocando cerca de 12.000 mortos.

Leia Também: Polícias levantam carro capotado e salvam condutor de ser esmagado

Recomendados para si

;
Campo obrigatório