Meteorologia

  • 29 MAIO 2024
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 29º

Casal, duas crianças e três cães encontrados mortos em casa de Chicago

Autoridades não acreditam que o atirador esteja entre as vítimas.

Casal, duas crianças e três cães encontrados mortos em casa de Chicago
Notícias ao Minuto

08:30 - 19/09/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Tiroteios EUA

As autoridades numa zona vila perto de Chicago, nos Estados Unidos, encontraram uma família assassinada no interior de uma habitação, com os dois pais, duas crianças e ainda três cães mortos a tiro no domingo à noite.

A polícia foi notificada por um membro da família, que pediu que fosse feita uma revista à habitação depois de uma das vítimas não ter aparecido para trabalhar naquele dia. Segundo explicou à NBC News o vice-chefe da polícia de Romeoville, Chris Burne, os detetives estão a investigar o caso e a pedir ajuda à população para possíveis pistas.

"Não acreditamos que o suspeito esteja entre as vítimas. Não se trata de um homicídio seguido de suicídio", afirmou Burne, na segunda-feira.

Burne acrescentou que "um membro da família não apareceu ao trabalho às 6 horas de domingo e não atendeu às chamadas telefónicas durante todo o dia, deixando os familiares preocupados". A família foi encontrada pelas 20h43 de domingo.

O casal foi identificado como Alberto Rolon e Zoralda Bartolomei. Não se sabe se eram casados, mas a polícia confirmou que são os pais das duas crianças mortas, cujos nome, sexo e idade não foram divulgados devido à natureza "sensível" do caso.

Acredita-se que os tiroteios tenham ocorrido entre as 21 horas de sábado e as 5 horas de domingo. Também são desconhecidos, para já, os motivos que levaram ao incidente, sendo que a polícia não acredita que haja um risco para a comunidade.

Apesar das autoridades não terem feito qualquer detenção, Chris Burne apontou que "não está a decorrer uma busca ativa na área" em torno da habitação.

Segundo os dados disponibilizados pelo site GunViolenceArchive.org, os Estados Unidos estão a caminho de bater vários recordes de violência armada, tendo registado até esta terça-feira 504 tiroteios em massa (incidentes com pelo menos quatro vítimas, mortas ou feridas, excluindo o atirador) em 2023, o que dá uma média de quase dois tiroteios em massa por dia.

Desde o início do ano, morreram 13.766 pessoas devido a incidentes com armas de fogo nos Estados Unidos (excluindo suicídios). As armas de fogo são ainda a principal causa de morte em crianças e adolescentes norte-americanas, superando os acidentes de viação e cancro.

Leia Também: Um morto e sete feridos em dois tiroteios na cidade de Chicago, EUA

Recomendados para si

;
Campo obrigatório