Meteorologia

  • 07 DEZEMBRO 2022
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 15º

Violência doméstica aumenta na Alemanha nos últimos 5 anos

O país registou mais de 143 mil casos de violência doméstica em 2021.

Violência doméstica aumenta na Alemanha nos últimos 5 anos
Notícias ao Minuto

15:59 - 24/11/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Alemanha

O número de casos de violência doméstica continua a aumentar na Alemanha e, esta quinta-feira, um relatório do governo revelou que o país registou um aumento de 3,4% no número de denúncias entre 2017 e 2021.

O relatório do governo, citado pela Associated Press, indica que, no ano passado, foram registados 143.604 casos de violência doméstica, um aumento de 4.711 comparativamente ao número registado em 2017.

No entanto, o governo alerta o número real deve ser muito superior, já que uma grande percentagem das vítimas não denuncia as suas situações com receio de represálias.

O documento informa ainda que 80,3% das vítimas em 2021 foram mulheres, enquanto que 78.8% dos suspeitos foram homens. Há também um dado relevante: entre 2020 e 2021, houve uma queda no número de casos de 3%, o que poderá significar que, durante a pandemia, a violência doméstica não caiu mas houve maiores dificuldades em denunciar casos e realizar estudos.

Numa conferência de imprensa em Berlim, citada também pela agência norte-americana, a ministra alemã das Famílias, Lisa Paus, contou que "por hora, uma média de 13 mulheres sofre de violência pelo parceiro íntimo".

"Quase todos os dias, um parceiro ou ex-parceiro tenta matar uma mulher. A cada três dias, uma mulher morre às mãos do seu atual ou anterior parceiro. Essa é a realidade. E a realidade é que muitas vítimas de violência têm demasiado medo para pedir ajuda", explicou a ministra.

Também a ministra do Interior, Nancy Faeser, deixou claro que a violência maioritariamente praticada por homens é um ataque aos direitos fundamentais da sociedade.

"Homens que cometem violência contra mulheres, seja psicológica ou física, são criminosos - criminosos que julgamos com a maior severidade, porque o que eles fazem é abominável e fundamentalmente oposto aos nossos valores sociais básicos", salientou.

Leia Também: Aprovada proposta do PAN para espaço de apoio a vítimas LGBTI

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório