Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2022
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 15º

Vídeo. Atirador causa pânico em colégio no Brasil e mata uma pessoa

Após terem dado conta da presença do atirador, os estudantes viriam a abandonar o estabelecimento de ensino.

Notícias ao Minuto

09:01 - 27/09/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Brasil

Um adolescente armado, com 14 anos de idade, causou o pânico, na manhã de segunda-feira, num colégio na Bahia, no Brasil. Pelas 7h da manhã, hora local, viria a entrar no Colégio Municipal Eurides Sant'Anna, em Barreiras, com a investida a resultar na morte de uma estudante de 19 anos. 

Após terem dado conta da presença do atirador, os estudantes viriam a abandonar o estabelecimento de ensino, como mostra um vídeo que se encontra a circular nas redes sociais (que pode ver acima) e que ilustra o clima de medo vivido no local. 

De acordo com o G1, que cita a a informação divulgada pelo coordenador de Polícia Civil da região, o atirador também era aluno deste estabelecimento de ensino. Terá invadido o local munido de um revólver de calibre 38, duas armas brancas e, aparentemente, uma bomba caseira.

Já a vítima foi identificada como se tratando de Geane da Silva Brito, que frequentava o 9.º ano de escolaridade e que se deslocava numa cadeira de rodas. Viria a perder a vida após ser atingida por vários tiros. Depois de o revólver ter ficado sem munições, o atacante terá recorrido a uma faca para desferir golpes adicionais sobre a jovem.

O atirador viria a ser baleado por um indivíduo que passava pelo local, tendo posteriormente sido socorrido e levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para um hospital próximo.

Segundo a informação divulgada pelo G1, o adolescente terá sido atingido num ombro, no abdómen e numa das pernas, tendo sido direcionado, consequentemente, para uma unidade de cirurgia. Não são conhecidos detalhes adicionais sobre o estado de saúde do atacante. 

Até ao momento, ainda não são conhecidas as motivações do crime. Sabe-se, no entanto, que o pai do atacante é agente da polícia - o qual, em depoimento, revelou julgar que o filho não sabia onde o revólver se encontrava escondido em sua casa.

Leia Também: Duas mortes por esfaqueamento no Brasil devido a discussões políticas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório