Meteorologia

  • 03 OUTUBRO 2022
Tempo
19º
MIN 15º MÁX 27º

Rússia acusa Ucrânia de ataque a central nuclear, mas Energoatom desmente

Empresa que opera a central de Zaporizhzhia acusa os russos de encenarem ataque.

Rússia acusa Ucrânia de ataque a central nuclear, mas Energoatom desmente
Notícias ao Minuto

16:52 - 05/08/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Guerra na Ucrânia

A administração russa instalada na cidade ocupada de Energodar acusou a Ucrânia de ter bombardeado a central nuclear de Zaporizhzhia, controlada pela Rússia, avançou a agência TASS. 

"Hoje, durante a mudança de turno dos trabalhadores da central, por volta das 15h00, unidades nacionalistas dispararam sobre a zona da central a partir do território controlado pelo regime ucraniano", referem as forças invasoras acrescentando que o ataque provocou um incêndio na central e cortou duas linhas de abastecimento de energia necessárias ao seu funcionamento.

Por outro lado, a Energoatom, empresa que opera a central nuclear, afirma que o ataque foi lançado por um bombardeamento russo e acusa Moscovo de "provocação", através de uma mensagem partilhada no Telegram.

A empresa acusa os russos de encenar um ataque e disparar na direção da central. 

Recorde-se que ofensiva militar lançada a 24 de fevereiro pela Rússia na Ucrânia causou já a fuga de quase 17 milhões de pessoas de suas casas - mais de seis milhões de deslocados internos e mais de dez milhões para os países vizinhos -, de acordo com os mais recentes dados da ONU, que classifica esta crise de refugiados como a pior na Europa desde a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Leia Também: Putin proíbe aos investidores "hostis" operações com ativos estratégicos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório