Meteorologia

  • 30 MAIO 2024
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 30º

Membro dos Médicos Sem Fronteiras baleado por militares centro-africanos

Um empregado local da organização Médicos Sem Fronteiras (MSF) foi "baleado várias vezes" no sábado por um "membro das forças armadas centro-africanas", no noroeste da República Centro-Africana, um país em plena guerra civil, revelou hoje a organização.

Membro dos Médicos Sem Fronteiras baleado por militares centro-africanos
Notícias ao Minuto

12:41 - 31/05/22 por Lusa

Mundo RCA

Mahamat Ahamat, 46 anos, "foi baleado três vezes" em Moyenne-Sido, 500 quilómetros a norte da capital, Bangui, perto da fronteira chadiana, disse a organização não-governamental (ONG) num comunicado.

Foi morto "por um membro das forças armadas centro-africanas", disse Romain Briey, chefe da missão MSF Espanha no país.

A República Centro-Africana, o segundo país menos desenvolvido do mundo, segundo a ONU, tem sido palco de uma guerra civil desde 2013, que foi muito mortífera nos seus primeiros anos, mas que diminuiu de intensidade desde 2018.

A MSF condena com "a maior veemência" o assassinato e apela às autoridades "para que esclareçam as circunstâncias que levaram ao assassinato" do elemento da ONG.

A organização está também "em contacto com o Ministério da Saúde, o Ministério da Defesa e outras autoridades relevantes, a fim de compreender melhor as circunstâncias que levaram a esta situação inaceitável", prossegue a ONG, sublinhando que "as circunstâncias exatas ainda precisam de ser esclarecidas".

Leia Também: ONG denuncia falta de porto para desembarcar 470 pessoas resgatadas

Recomendados para si

;
Campo obrigatório