Meteorologia

  • 14 AGOSTO 2022
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 27º

Reduzida taxa de mortalidade por Covid na Coreia do Norte causa descrença

Oficialmente, apenas 69 pessoas morreram.

Reduzida taxa de mortalidade por Covid na Coreia do Norte causa descrença
Notícias ao Minuto

13:06 - 27/05/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Covid-19

Segundo os dados fornecidos pela Coreia do Norte, a luta contra a Covid-19 está a ser impressionante - houve relatos de cerca de 3,3 milhões de pessoas doentes com febre, mas, oficialmente, apenas 69 morreram.

Se forem todos casos de infeção pelo novo coronavírus, trata-se de uma taxa de mortalidade de 0,002%, algo que nenhum outro país, incluindo o mais rico do mundo, conseguiu contra uma doença que já matou mais de 6 milhões de pessoas.

As alegações estão, no entanto, a ser recebidas com dúvidas um pouco por toda a parte, conta a Associated Press, cerca de duas semanas depois de ter reconhecido o seu primeiro surto doméstico. Especialistas dizem que o país empobrecido deverá ter sofrido muito mais mortes do que o que está a relatar tendo em conta o facto de ter muito poucas vacinas, um número considerável de pessoas desnutridas, falta de instalações de cuidados intensivos e kits de testagem para detetar casos de vírus em grande número.

O secretismo em que está envolta a Coreia do Norte torna improvável que alguém de fora consiga confirmar a verdadeira escala do surto. Alguns observadores dizem que o país está a subnotificar as mortes para proteger o líder Kim Jong Un a todo custo. Existindo, por outro lado também, a possibilidade de ter exagerado o surto numa tentativa de reforçar o controlo dos seus 26 milhões de habitantes.

“Cientificamente, os números não podem ser aceites”, explicou Lee Yo Han, um professor da Escola de Saúde Pública da Universidade Ajou, na Coreia do Sul, acrescentando que os dados públicos “provavelmente foram todos controlados (pelas autoridades) e usados com intenções políticas".

“A Coreia do Norte pode passar mais alguns meses a manipular as estatísticas, mas também pode anunciar abruptamente a vitória este fim de semana”, referiu Ahn Kyung-su, chefe do 'dprkhealth.org', um site focado em questões de saúde na Coreia do Norte. “Operam sempre além da imaginação. É difícil prever o que vão fazer, mas têm um plano".

Leia Também: Covid-19. Coreia do Norte procura vírus em vários lugares

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório