Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 24º

Militares venezuelanos localizaram explosivos perto da fronteira

As Forças Armadas Bolivarianas (FANB) da Venezuela anunciaram hoje que encontraram 50 quilogramas de explosivos e 10.000 litros de acetona num depósito do Estado venezuelano de Apure, no sudoeste do país, fronteiriço com a Colômbia.

Militares venezuelanos localizaram explosivos perto da fronteira

O anúncio foi feito pelo chefe do Comando Estratégico Operacional das FANB, Domingo Hernández Lárez, e a localização do depósito ocorreu no âmbito do reforço das operações locais contra o que as autoridades venezuelanas chamam de grupos de terroristas armados narcotraficantes colombianos (Tancol).

"Em operações soberanas de reconhecimento e patrulhamento em Município José António Páez do Estado de Apure, a Unidade de Recuperação Rápida (URRA) Miranda das FANB, conseguiu localizar e desmontar um depósito dos Tancol dentro de uma floresta, com 10 mil litros de acetona e 50 kg de material explosivo", anunciou o militar na sua conta do Twitter.

Domingo Hernández Lárez explicou que o empenho da Milícia Bolivariana através da operação "Vuelvan Caracas" tem crescido perante a adversidade, "dando ótimos resultados na tarefa de expulsão e destruição dos Tancol" e que "a Venezuela é respeitada".

O depósito com explosivos e acetona foi localizado na localidade de Santa Maria, Município José António Páez, onde nos últimos meses se têm registado confrontos entre as forças de segurança e grupos guerrilheiros e irregulares.

Em várias oportunidades as autoridades venezuelanas têm insistido, através da imprensa local, que a Venezuela não será porto ou aeroporto e nem servirá de alojamento para os Tancol e que os militares venezuelanos estão distribuídos pelo território nacional para desmantelar as estruturas usadas pelos colombianos para manterem o negócio do tráfico de drogas.

Várias aeronaves e pistas clandestinas foram destruídas pelas autoridades venezuelanas que confiscaram algumas substâncias ilícitas, psicotrópicas e estupefacientes.

Em fevereiro último as Forças Armadas Venezuelanas anunciaram que tinham ocupado 16 campos improvisadas que serviam de base de operações dos Tancol, confiscando várias viaturas, explosivos, aeronaves, equipamentos de comunicação e maquinaria pesada.

Em março de 2021, mais de cinco mil venezuelanos abandonaram as suas casas durante violentos enfrentamentos entre guerrilheiros das dissidências das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC-EP) e as forças de segurança da Venezuela, ocorridos no Município José António Páez.

Leia Também: Fome no Brasil atinge nível recorde em 2021 e excede a média mundial

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório