Meteorologia

  • 30 JUNHO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 24º

Recém-nascido abandonado pela mãe. "Pensávamos que estava morto"

Mulher detida em Espanha diz que a criança não é dela. Menino recebeu o nome de Noa.

José Enrique Pérez e Luis María Rocamora são camionistas e os responsáveis por Noa estar vivo. A sua insistência permitiu aos agentes encontrar Noa, um bebé que lhes deve a vida.

Foi encontrado coberto de mantas e ao sol junto a uma casa abandonada na zona industrial de La Granadina, em San Isidro, Alicante, Espanha. Estava desidratado.

Luis María foi o primeiro a ver uma mulher numa estrada na cidade de San Isidro, em Alicante, com sangue nas pernas e cobertores nos braços. A mulher negou ter passado por um parto recente, mas estes homens estavam convencidos de que sim.

Segundo o Telecinco, dois oficiais da Guarda Civil alertados encontraram a mulher com roupas diferentes. Não havia vestígios de sangue nas suas roupas - nem do bebé, mas estes não desistiram.

Continuaram a busca até encontrarem alguns cobertores num campo aberto. Por baixo estava o bebé, ainda com o cordão umbilical. Noa ainda não o sabe, mas o seu nome  foi-lhe dado pelas enfermeiras na UCI pediátrica do hospital Vega Baja onde ainda está.

"No início pensávamos que o bebé estava morto. Ele não estava em movimento, estava ao sol, mas felizmente tocámos no bebé e ele estava quente", dizem os polícias.

Noa está agora a salvo na unidade neonatal. A mulher, que ainda agora diz não ser sua mãe, foi detida. 

Leia Também: Esfaqueamento de jovem de 14 anos em Espanha envolve gangues juvenis

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório