Meteorologia

  • 09 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 31º

Ódio contra Taiwan motivou tiroteio mortal em igreja na Califórnia

Suspeito estava “transtornado com as tensões políticas entre a China e Taiwan”. 

Ódio contra Taiwan motivou tiroteio mortal em igreja na Califórnia
Notícias ao Minuto

16:02 - 17/05/22 por Notícias ao Minuto

Mundo EUA

As autoridades classificaram o tiroteio, que causou um morto e cinco feridos, numa igreja no sul da Califórnia, nos Estados Unidos, no domingo, como "incidente de ódio" com motivações políticas. 

Segundo o xerife do condado de Orange County, Donald Barnes, citado pela imprensa norte-americana, o suspeito, David Chou – um cidadão norte-americano, natural da China – "estava transtornado com as tensões políticas entre a China e Taiwan". 

É de realçar que a Igreja Presbiteriana Taiwanesa Irvine, uma congregação de imigrantes mais velhos que se juntam para orar semanalmente, reúne-se na Igreja Presbiteriana Geneva, em Laguna Woods, onde tudo ocorreu. No dia do tiroteio, realizava-se um almoço com um ex-pastor, que havia regressado de Taiwan. 

O suspeito, de 68 anos, que vivia num quarto alugado em Las Vegas, entrou na igreja, recusando preencher um formulário com as sua informações pessoais e alegando que já tinha participado em cultos naquele local.

Antes de abrir fogo, o homem fechou as portas da igreja usando correntes e cola, enquanto mais de uma centena de pessoas se encontrava no almoço pós-culto.

Além de ter na sua posse duas pistolas, o suspeito escondeu ainda sacos com cocktails molotov e munições. 

Não são claras as razões que levaram o homem, que terá agido sozinho, a escolher esta igreja em específico, à qual não tinha qualquer ligação. No carro do suspeito, foram encontradas várias notas que comprovam o seu "ódio" pelo "povo" de Taiwan, onde chegou a viver, "possivelmente na sua juventude"

"Não foi bem recebido enquanto vivia lá, de acordo com o que recolhemos até agora", disse o xerife.

Segundo o procurador distrital de Oragen County, a família de Chou terá sido deslocada à força da China continental para Taiwan depois de 1948. 

As autoridades destacaram ainda a atitude da vítima mortal, um médico, de 52 anos, que atacou o suspeito, permitindo que outros fiéis o conseguissem prender até à chegada das autoridades. Contudo, o médico acabou por morrer durante esta ação. 

O suspeito, que está acusado de homicídio qualificado e homicídio na forma tentada, deverá ser presente a tribunal esta terça-feira. 

Leia Também: Identificado suspeito de tiroteio mortal em igreja na Califórnia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório