Meteorologia

  • 02 JULHO 2022
Tempo
30º
MIN 15º MÁX 32º

Mulheres sul-coreanas congelam óvulos devido a custos para criar filhos

Esta opção permite adiar a decisão de formar uma família.

Mulheres sul-coreanas congelam óvulos devido a custos para criar filhos

Na Coreia do Sul, cada vez menos mulheres estão a ter filhos, devido aos elevados custos de habitação e educação. Como tal, a decisão de muitas é congelar os óvulos para que possam adiar a decisão de ser mães. 

Lim Eun-young é uma funcionária pública, de 34 anos, que se enquadra nesta tendência. Revelou à Reuters que, para além de ter começado a trabalhar há poucos meses, não está pronta para começar uma família devido aos custos financeiros que isso acarreta.

Contudo, a preocupação que o passar do tempo possa impedi-la de criar uma família, levou-a a congelar os seus óvulos em novembro. "É um grande alívio e dá-me paz de espírito saber que tenho ovos saudáveis ​​congelados aqui", explicou.

Lim foi uma das cerca de 1.200 mulheres solteiras que se submeteram ao procedimento no ano passado no CHA Medical Center, a maior rede de clínicas de fertilidade da Coreia do Sul, um número que duplicou em dois anos. 

Congelar óvulos para 'ganhar tempo' é uma opção cada vez mais procurada por mulheres em todo o mundo. Porém, na Coreia do Sul, que tem uma das taxas de fertilidade mais baixas, o número que recorre a esta opção é cada vez maior. 

Leia Também: EUA. Mãe assume ter matado três dos sete filhos com a ajuda de um deles

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório