Meteorologia

  • 19 MAIO 2022
Tempo
28º
MIN 14º MÁX 29º

Peru decreta "emergência ambiental" de 90 dias por derrame de petróleo

O Governo do Peru decretou hoje "emergência ambiental" de 90 dias para a zona costeira afetada pelo derrame de 6.000 barris de petróleo bruto há uma semana, de um navio-tanque da companhia Repsol.

Peru decreta "emergência ambiental" de 90 dias por derrame de petróleo
Notícias ao Minuto

23:51 - 22/01/22 por Lusa

Mundo repsol

Com esta medida, as autoridades poderão realizar uma "gestão durável das zonas afetadas", através de "trabalhos de recuperação e de saneamento" para atenuar as consequências deste desastre ambiental.

As costas no norte da capital peruana foram invadidas pelo petróleo que se espalhou pelo mar após o derrame de um navio-tanque na refinaria de La Pampilla, propriedade da companhia espanhola Repsol, na região de Lima.

Segundo a refinaria, o acidente, ocorrido a 15 de janeiro, foi provocado por uma violenta ondulação, na sequência da erupção de um vulcão em Tonga.

O navio-tanque "Mare Doricum", de bandeira italiana, transportava 965.000 barris de petróleo bruto.

Segundo as autoridades peruanas, a maré negra desloca-se com a corrente marítima em direção ao norte, o que coloca em perigo a flora e a fauna em zonas naturais protegidas.

A maré negra já poluiu 21 praias, e provocou a morte de espécies marinhas, enquanto os seus efeitos económicos potenciais são preocupantes, nomeadamente para pescadores, e pela perda do turismo.

A Repsol diz não poder ser responsabilizada pela catástrofe, apontando que as autoridades marítimas peruanas não tinham emitido um aviso sobre as eventuais consequências da erupção.

Mesmo assim, a empresa destacou equipas e material especializado para lutar contra a poluição no mar e em terra.

A Repsol informou hoje que já retirou mais de 2.384 metros cúbicos de areia afetada pelo derrame de crude, e indicou que organizou equipas com mais de 1.500 pessoas para levar a cabo as limpezas na zona terrestre e marítima afetada.

Adiantou que além dos tanques de limpeza e recuperação, disponibilizou 2.500 metros de barreiras de contenção, e irá duplicar esse material nos próximos dias.

Atualmente, as autoridades estão a investigar a responsabilidade do delito de contaminação ambiental e o navio-tanque "Mare Doricum", que descarregava o petróleo, encontra-se imobilizado em alto mar, com uma fiança de 39 milhões de dólares (cerca de 34,4 milhões de euros).

Leia Também: Novo derrame de petróleo na Amazónia peruana considerado "ato criminoso"

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório