Meteorologia

  • 16 MAIO 2022
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 22º

Estado Islâmico ataca prisão na Síria e liberta jihadistas

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) lançou hoje um ataque a um estabelecimento prisional controlado pelas forças curdas no nordeste da Síria, libertando um número desconhecido de 'jihadistas', informou uma organização não governamental (ONG) síria.

Estado Islâmico ataca prisão na Síria e liberta jihadistas
Notícias ao Minuto

23:44 - 20/01/22 por Lusa

Mundo ONG

"Vários prisioneiros conseguiram escapar", disse o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), sem especificar o número.

O OSDH, que tem uma extensa rede de fontes na Síria, também não adiantou as possíveis vítimas deste raro ataque na cidade de Hassaké controlada pelos curdos sírios.

As Forças Democráticas Sírias (FDS), dominadas por combatentes curdos, confirmaram o ataque à prisão de Ghwayran, mas não a fuga de 'jihadistas'.

De acordo com o OSDH, um carro-bomba explodiu na entrada da prisão e ocorreu uma segunda explosão nas proximidades, antes de os 'jihadistas' do EI terem atacado as forças de segurança curdas que guardavam o estabelecimento prisional.

Ghwayran é um dos maiores centros de detenção que abriga combatentes do EI na Síria, um país em guerra desde 2011, disse à agência de notícias AFP o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman.

"Uma tentativa de fuga de terroristas do Daesh [sigla em árabe para Estado Islâmico] detidos na prisão de Hassaké ocorreu após uma explosão e a detonação de um carro-bomba", indicaram as FDS em comunicado.

Segundo as FDS, "membros das células adormecidas do ISIS [sigla em inglês para Estado Islâmico] surgiram de bairros vizinho e entraram em confronto com as forças de segurança curdas".

As FDS mobilizaram reforços para o estabelecimento prisional e bloquearam o setor, salientou o OSDH.

Aviões da coligação internacional 'antijihadista', liderada pelos Estados Unidos, sobrevoaram a área e lançaram sinalizadoras nas proximidades da prisão, de acordo com o OSDH.

Na linha da frente do combate contra o Estado Islâmico, as FDS, apoiadas pela coligação internacional, derrotaram o movimento extremista no seu último reduto de Baghouz, na província de Deir Ezzor, no leste da Síria, em 2019.

Desde a derrota, o Estado Islâmico tem realizado ataques mortais de forma regular, principalmente no deserto sírio.

Leia Também: Campo de deslocados na Síria torna-se "ameaça sem precedentes"

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório