Meteorologia

  • 18 MAIO 2022
Tempo
24º
MIN 15º MÁX 26º

Respeito pelos direitos humanos deve ser condição para relação da UE-Irão

Uma centena de eurodeputados pediu hoje à União Europeia para que o respeito pelos direitos humanos e a abolição da pena de morte no Irão sejam uma "condição prévia" para o estabelecimento de relações com este país.

Respeito pelos direitos humanos deve ser condição para relação da UE-Irão

Numa carta enviada aos dirigentes europeus, os cem eurodeputados de diversos grupos políticos solicitam também à União Europeia para que reconheça as execuções de presos políticos iranianos de 1988 como um genocídio.

Na missiva, pedem ao bloco comunitário uma "política firme" com o Irão face à situação "devastadora" em que se encontram os direitos humanos naquele país, com quem vários potenciais mundiais estão a negociar para salvar o acordo de 2015 que limitou a capacidade do Irão de criar armas nucleares.

Nesse sentido, os eurodeputados instam à adoção de "uma política firme em relação ao Irão e fazer com que o respeito pelos direitos humanos e a abolição da pena de morte seja uma condição prévia nas relações com o regime iraniano", bem como reconhecer a execução sistemática de presos políticos de há 33 anos atrás "como um genocídio e um crime contra a humanidade".

Os eurodeputados pedem também ao Conselho de Segurança da ONU "para lidar com as graves e sistemáticas violações dos direitos humanos no Irão" e fazer "tudo ao seu alcance para levar os autores desses crimes à justiça".

"As mulheres, assim como as minorias étnicas e religiosas, continuam a enfrentar discriminação e violência enraizadas. Os presos políticos são submetidos a detenções ilegais e arbitrárias, tortura, detenções injustas e outros tratamentos cruéis e desumanos", lê-se na carta.

Os eurodeputados referem ainda que "o outro lado da brutal supressão dos direitos humanos no Irão" são os "esforços para adquirir a bomba nuclear, a produção de mísseis balísticos de longo alcance, a expansão do terrorismo e a guerra belicista na região".

Leia Também: EUA impõem novas sanções ao Irão por violações aos direitos humanos

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório