Meteorologia

  • 21 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 6º MÁX 14º

Edição

AO MINUTO: Autoagendamento para maiores de 75; Casos disparam em Aveiro

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19.

AO MINUTO: Autoagendamento para maiores de 75; Casos disparam em Aveiro

Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais nove mortes e 1.289 novos casos relacionados com a Covid-19. Os dados fazem parte do mais recente boletim epidemiológico revelado esta sexta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS). A incidência e o Rt subiram.

Pampilhosa da Serra é o concelho do país onde, atualmente, a situação é mais grave, com 1.066 casos de infeção por 100 mil habitantes. Na semana passada, recorde-se, eram dois os concelhos nesta situação.

Já a Associação de Médicos de Saúde Pública considerou que o crescimento da pandemia na Europa se deve à insuficiente vacinação e ao levantamento de restrições, considerando "pouco provável" uma nova vaga em Portugal com a do início de 2020.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no Mundo

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

00h15 - Suspendemos aqui o registo de hoje. O acompanhamento será retomado na manhã de sábado.

00h02 - Governo austríaco anuncia novas medidas contra a Covid-19 devido a aumento de casos

O governo da Áustria anunciou que apenas as pessoas que foram vacinadas ou que recuperaram da Covid-19 podem frequentar restaurantes, hotéis e recintos culturais, refere o The Guardian. 

As novas regras vão entrar em vigor na segunda-feira no âmbito de uma fase de transição de quatro semanas para incentivar a população a ser vacinada. 

23h05 - Brasil regista 389 óbitos e mais 13.321 casos de infeção

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde do Brasil (CONASS) revelou esta sexta-feira que foram identificados 13.321 novos contágios e mais 389 mortes nas últimas 24 horas. O Brasil acumula 21.862.458 casos confirmados e 609.060 vítimas mortais. 

A incidência situa-se em 10.403,4 casos por 100 mil habitantes e 289,8 óbitos por 100 mil habitantes. 

22h13 - Reunião ministerial nos EUA vai coordenar combate ao vírus e "pandemias futuras"

A administração dos Estados Unidos convocou hoje uma reunião ministerial sobre a pandemia de Covid-19, para 10 de novembro, para coordenar entre governos e agências internacionais o combate ao vírus e a "pandemias futuras".

20h43 - Especialista elogia Cabo Verde como "bom exemplo" em África

O pneumologista português Carlos Robalo Cordeiro, diretor da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (UC), elogiou hoje, na Praia, os resultados de Cabo Verde no controlo da pandemia de Covid-19 e como um "bom exemplo" em África.

20h22 - Mais nove infetados em Cabo Verde e casos ativos reduzem-se para 88

Cabo Verde anunciou mais nove casos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas e nove concelhos e ilhas não têm qualquer caso ativo, de um total nacional de 88, informou hoje o Ministério da Saúde.

19h51 - Número de casos em Aveiro "quadruplicou em três semanas"

Aveiro quadruplicou, em três semanas, o número de pessoas infetadas com Covid-19, segundo disse hoje o presidente da Câmara, Ribau Esteves, sem indicar os números, na primeira reunião pública do executivo.

"Em três semanas quadruplicámos os nossos casos e quase quintuplicámos e, sabendo que temos a vantagem muito importante de termos a esmagadora maioria da nossa população vacinada, é bom que tenhamos consciência de que a pandemia não passou", advertiu o autarca.

19h49 - Madeira regista 35 novos casos totalizando 270 ativos

A Madeira registou 35 novos casos de infeção por SARS-CoV-2 e 19 recuperações nas últimas 24 horas, contabilizando agora 270 casos ativos, anunciou hoje a Direção Regional da Saúde (DRS).

19h47 - Disponível autoagendamento da 3.ª dose para maiores de 75

As pessoas com 75 ou mais anos podem efetuar, a partir de hoje, o pedido de autoagendamento para serem vacinadas com a dose de reforço da vacina contra a Covid-19 e com a vacina contra a gripe, anunciou esta sexta-feira a Direção-geral da Saúde.

O agendamento já está disponível no portal da Covid-19.

Na próxima segunda-feira, dia 8, ficará também disponível para todas as pessoas com mais de 70 anos.

19h42 - Sazonalidade e diminuição do efeito da vacina explicam aumento de casos

A sazonalidade e a diminuição da efetividade da vacina contra a Covid-19 podem explicar o aumento do número de casos, revelou hoje um especialista, acrescentando que a tendência se manterá se não houver um reforço da terceira dose.

"Existem dois fatores principais que entram aqui em jogo. Por um lado, o arrefecer da temperatura e portanto, a sazonalidade que favorece o aumento da transmissão e por outro, a diminuição da efetividade da vacina ao longo do tempo", afirmou Óscar Felgueiras, especialista em epidemiologia da Universidade do Porto.

19h37 - Aumento de casos deixa Dinamarca em risco de colapso nos hospitais

As autoridades sanitárias dinamarquesas manifestaram-se hoje preocupadas com o risco de o sistema hospitalar entrar em colapso face ao elevado número de novos casos de Covid-19 no país, onde as restrições foram levantadas há um mês.

"Com o risco do aumento de casos de Covid-19, de gripe e de outras doenças infecciosas, corremos o risco de sobrecarregar os hospitais", disse o diretor da Agência Nacional de Saúde dinamarquesa, Soren Brostrom, num comunicado. 

"Já estamos a ver que os hospitais de todo o país estão muito ocupados e com pouco pessoal. No entanto, não temos a resiliência que tínhamos no passado, porque há muito tempo que [os profissionais de saúde] estão sob pressão", alertou.

19h35 - Escola em Carregal do Sal encerrada até quarta-feira

O presidente da Câmara Municipal de Carregal do Sal disse hoje à agência Lusa que a Escola Básica Nuno Álvares estará encerrada até quarta-feira, após terem sido detetados dois casos de infeção por Covid-19 em duas funcionárias.

19h33 - Concelho de Barcelos vai voltar a ter um centro de vacinação

O concelho de Barcelos vai voltar a ter, dentro de 15 dias, um centro de vacinação contra a Covid-19, que funcionará num edifício pertença da Santa Casa da Misericórdia, no centro da cidade, anunciou hoje o município.

19h30 - Quase nove mil casos em França. Incidência acima do nível de alerta

França registou 8.998 novos casos de contaminação e mais 28 mortos devido à Covid-19, segundo os dados revelados esta sexta-feira pelas autoridades de saúde francesas. França acumula 7.199.332 casos positivos e 117.875 óbitos.

O primeiro-ministro francês afirmou hoje que a incidência a nível nacional estava agora bem acima do nível de alerta, estabelecida nos 50 casos por 100 mil habitantes. 

"Isto não é uma explosão, mas requer a maior vigilância. Agora não é a altura de baixarmos a guarda", advertiu Jean Castex. 

18h51 - Itália notifica 6.764 novas infeções e mais 51 óbitos em 24 horas

O Ministério da Saúde italiano anunciou esta sexta-feira que foram diagnosticados 6.764 novos casos de contágio e morreram mais 51 pessoas no último dia. Itália totaliza 4.795.465 casos confirmados e 132.334 vítimas mortais. 

Esta sexta-feira, o presidente do Instituto Superior de Saúde de Itália, Silvio Brusaferro, abordou a subida dos casos diários no país.

"Itália insere-se num quadro europeu com elevada circulação do vírus, mas que se caracteriza por uma curva mais contida e isso é algo que devemos certamente à cobertura das vacinas", salientou. 

18h03 - Mais de 18 mil reações adversas em 16,2 milhões de inoculações

A Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed) registou 18.155 reações adversas às vacinas (RAM) contra a Covid-19 em Portugal, 6.475 consideradas graves, o que representa um caso em cada mil inoculações.

O relatório do Infarmed avança ainda que, no grupo das reações classificadas graves, foram notificados 654 casos de hospitalização (3,6%), 188 de risco de vida (1%) e 96 de morte (0,5%).

"Os casos de morte ocorreram num grupo de indivíduos com uma mediana de idades de 78 anos e não pressupõem necessariamente a existência de uma relação causal entre cada óbito e a vacina administrada, decorrendo também dentro dos padrões normais de morbilidade mortalidade da população portuguesa", ressalva o regulador.

17h17 - Pressão nas Unidades de Cuidados Intensivos está a aumentar em Portugal

O número de casos de Covid-19 internados em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI) apresenta uma "tendência crescente", de acordo com o relatório de monitorização das Linhas Vermelhas para a Covid-19 divulgado esta sexta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS) e pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA).

A incidência cumulativa a 14 dias foi de 110 casos por 100 mil habitantes com "tendência crescente". O aumento da incidência é mais marcado no Centro, Lisboa e Vale do Tejo e Algarve.

"A análise dos diferentes indicadores revela uma atividade epidémica de SARS-CoV-2 de intensidade reduzida, com tendência crescente a nível nacional. A pressão nos serviços de saúde e o impacto na mortalidade são reduzidos, mas com inversão de tendência, dado que se observa já um aumento no número de internamentos em UCI", sublinham a DGS e o INSA. 

17h14 - Mais de 3 mil casos e 27 mortes em Espanha. Incidência continua a subir

Espanha notificou 3.093 casos de infeção e 27 óbitos no espaço de 24 horas, de acordo com o boletim epidemiológico revelado esta sexta-feira pelo Ministério da Saúde espanhol. No total, Espanha soma 5.025.639 casos positivos de Covid-19 e 87.504 vítimas mortais. 

A incidência acumulada mantém a recente tendência de crescimento e subiu dois pontos para 53,7 casos por 100 mil habitantes. 

16h53 - Moçambique anuncia mais uma morte e 13 casos em 24 horas

Moçambique registou mais um óbito associado ao novo coronavírus e 13 casos de infeção nas últimas 24 horas, anunciou hoje o Ministério da Saúde em comunicado.

16h33 - Reino Unido regista mais de 34 mil novos contágios e 193 óbitos

O Reino Unido reportou 34.029 novos casos e mais 193 óbitos nas últimas 24 horas, segundo os dados divulgados esta sexta-feira pelo Departamento de Saúde e de Assistência Social britânico. Em termos acumulados, o Reino Unido contabiliza 9.241.916 casos confirmados e 141.588 vítimas mortais. 

15h32 - Só há um concelho em risco extremo da Covid. Saiba qual é o estado do seu

Só há um concelho em Portugal em risco extremo de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), divulgado esta sexta-feira, dia em que foram notificados 1.289 novos casos e nove mortes. Pampilhosa da Serra é o concelho do país onde, atualmente, a situação é mais grave, com 1.066 casos de infeção por 100 mil habitantes. Na semana passada, recorde-se, eram dois os concelhos nesta situação.

15h17 - Mais nove mortes e 1.289 novos casos. Incidência e Rt subiram

Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais nove mortes e 1.289 novos casos relacionados com a Covid-19. Os dados fazem parte do mais recente boletim epidemiológico revelado esta sexta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS). A incidência e o Rt subiram.

Quanto aos internados, a tendência de descida mantém-se, com 345 pessoas nos hospitais nacionais - menos 12 do que ontem. Destas, 66 estão em Unidades de Cuidados Intensivos (menos sete).

14h38 - Municípios vão receber 57 milhões para compensar despesas com pandemia

Os municípios e as comunidades intermunicipais (CIM) vão receber 57 milhões de euros para compensar os custos com a pandemia, após aprovação das candidaturas feitas ao Fundo de Solidariedade da União Europeia (FSUE), anunciou hoje o Governo. Segundo uma nota enviada pelo Ministério do Planeamento, em todo o território nacional, candidataram-se a esta ajuda 237 municípios a título individual e 32 integrados em sete CIM.

14h35 - Inverno e Natal tornam inevitáveis medidas de proteção

O investigador Miguel Castanho considera inevitável que, com a evolução da pandemia na Europa, a chegada do Inverno e o aproximar do Natal, se mantenham algumas medidas de proteção contra a Covid-19 e reforcem outras. Em declarações à agência Lusa a propósito do alerta da Organização Mundial de Saúde, que se manifestou preocupada com o acelerar dos novos casos nalguns países da Europa, o especialista lembrou que "qualquer circunstância em que haja multiplicação acelerada e descontrolada do vírus aumenta a probabilidade de aparecer uma nova variante".

14h25 - Rumores de infertilidade dificultam vacinação de mulheres guineenses

O Alto Comissariado para a Covid-19 da Guiné-Bissau lançou hoje uma campanha de vacinação direcionada às mulheres guineenses, que representam apenas 39% das pessoas vacinadas, por questões laborais e rumores de que o imunizante provoca infertilidade.

13h41 - "Pandemia não acabou". Graça Freitas insiste nas medidas de proteção

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, avisou hoje que a pandemia de Covid-19 ainda não terminou e tem diferentes velocidades em diversos locais do globo, insistindo na importância de se cumprirem as medidas de proteção.

"Por muito que gostássemos que fosse assim, a pandemia não acabou, está em curso a diferentes velocidades em diferentes partes do globo, mas não terminou. As medidas de proteção genéricas que estão em vigor desde inicio da pandemia devem ser seguidas de forma voluntária e com autoresponsabilização de todos", afirmou à Lusa Graça Freitas, apontando o uso de máscara e a ventilação dos espaços.

13h14 - Açores com 14 novos casos detetados nas últimas 24 horas

Os Açores registaram, nas últimas 24 horas, 14 novos casos positivos de covid-19 e o arquipélago tem presentemente 170 casos ativos, informa hoje o boletim diário da Autoridade de Saúde Regional. Em comunicado, aquela entidade adianta que foram detetados 13 novos casos em São Miguel e um no Faial, resultantes de 915 testes.

12h31 - Pandemia já matou pelo menos 5.028 milhões de pessoas em todo o mundo

A pandemia provocada pelo novo coronavírus já fez pelo menos 5.028.536 mortos em todo o mundo desde que foi notificado o primeiro caso na China em dezembro de 2019, segundo o balanço diário da agência France-Press. Mais de 248.541.400 pessoas foram infetadas pelo coronavírus em todo o mundo até às 11:00 de hoje, de acordo com o balanço da AFP.  

11h55 - Comprimido da Pfizer pode reduzir em 90% risco de hospitalização e morte

O comprimido antiviral da Pfizer contra o novo coronavírus reduz em quase 90% o risco de hospitalização e morte em pacientes de alto risco, segundo um estudo feito pela própria farmacêutica. O fármaco está a ser testado. De acordo com a farmacêutica, não foi relatada nenhuma morte entre as pessoas que tomaram o medicamento experimental. A Pfizer pretende enviar os resultados obtidos para a agência que regula os medicamentos nos Estados Unidos(Food and Drug Administration).

11h47 - França pode aplicar passe sanitário até fim de julho de 2022 

Os deputados e senadores franceses aprovaram a utilização do passe sanitário em França até ao fim de julho de 2022, numa altura em que 75% da população já está vacinada, mas os números da epidemia voltam a subir. Apesar da oposição à direita e à esquerda, a Assembleia Nacional aprovou a lei de vigilância sanitária, apoiada também por voto positivo no Senado, que vai permitir ao Governo francês manter dispositivos que visam controlar a pandemia, como o passe sanitário para acesso a locais públicos, mas também um estado de emergência transitório.

09h55 - Ainda não foi vacinado?

"Se ainda não foi vacinado, pode tomar a primeira dose da vacina, sem agendamento, em qualquer centro de vacinação de Portugal Continental", recorda a Direção-Geral da Saúde (DGS) no Twitter. 

08h40 - Cientistas desvendam mistério do porquê da Covid matar uns e não outros 

Agora, os investigadores dizem saber por que motivo o novo coronavírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19, mata algumas pessoas e não outras - e é em grande parte devido aos nossos genes, reporta um artigo publicado no jornal The Sun. A Universidade de Oxford, no Reino Unido, identificou uma parcela de ADN que impede as células pulmonares de combater o vírus. O gene, chamado LZTFL1, duplica o risco de morte por Covid-19

08h19 - Vacina da Johnson&Johnson é a que perde mais eficácia com o tempo 

A vacina de dose única da Johnson&Johnson é a que perde mais eficácia com o passar do tempo. A informação é avançada por um estudo publicado na revista Science que dá conta da perda de proteção das três principais vacinas: Moderna, Pfizer e Johnson&Johnson (Janssen).

Segundo este estudo, realizado na Administração de Saúde dos Veteranos que cobre 2,7% da população dos EUA, de fevereiro a outubro de 2021 a proteção da vacina contra a infeção caiu, em média, de 87,9% para 48,1% nas três principais vacinas. A que sofreu um maior declínio foi a vacina de dose única da Johnson&Johnson, resultando numa taxa de proteção contra a infeção de 13,1%.

07h45 - Maiores de 80 anos com Casa Aberta para terceira dose

A partir da próxima semana, os maiores de 80 anos vão ter 'casa aberta' (sem necessidade de agendar) para terceira dose de vacina contra a Covid-19 e gripe, avança, esta sexta-feira, o Público, adiantando ainda que a DGS avançará com o autogendamento para maiores de 70 anos, e que também os profissionais de saúde e do setor social começarão a ser inoculados com a dose de reforço a partir da próxima semana.

07h41 - Molnupiravir pode ser o primeiro tratamento contra a Covid em comprimido

O antirretroviral Molnupiravir, desenvolvido pelos laboratórios Merck Sharp & Dohme (MSD) pode ser o primeiro tratamento contra Covid-19 na forma de comprimido. Segundo um novo estudo, citado pela CNN, o uso do fármaco reduz em metade o risco de alguém com Covid-19 necessitar de ser internado ou de morrer vítima da doença pandémica. Todavia, o medicamento não substitui a vacinação, sendo sim um complemento eficaz para combater a patologia. O Reino Unido já deu o ok ao uso do fármaco e também a EMA vai permitir uso de emergência do medicamento da Merck contra a Covid-19.

07h28 - Alemanha bate novo recorde com 37.120 casos. Há ainda 154 mortes

A Alemanha reportou, esta sexta-feira, mais 154 mortes e 37.120 novos casos relacionados com a Covid-19. Os dados foram revelados esta sexta-feira pelas autoridades de Saúde. Este valor de contágios diários representa um recorde. Ontem houve 33.949 novos contágios de Covid-19 nas últimas 24 horas, correspondendo a um novo máximo verificado em um dia desde o início da pandemia, hoje batido.

07h12 - China deteta 78 casos nas últimas 24 horas

A China detetou 78 casos de covid-19, nas últimas 24 horas, 68 por contágio local e os restantes oriundos do estrangeiro, anunciaram hoje as autoridades de saúde do país. Os 68 casos locais foram detetados nas regiões autónomas da Mongólia Interior (dois) e Ningxia (quatro) e nas províncias de Heilongjiang (28), Gansu (cinco), Hebei (dez), Jiangxi (dois), Sichuan (dois), Yunnan (um), Liaoning (oito), Henan (cinco) e Guizhou (um).

07h00 - Bom dia! Iniciamos aqui um novo registo onde poderá acompanhar todas as incidências relacionadas com o novo coronavírus. Para recordar as notícias de ontem, clique aqui

Leia Também: AO MINUTO: Nova vaga "pouco provável"; Brasil: 14 milhões sem 2.ª dose

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório