Meteorologia

  • 26 OUTUBRO 2021
Tempo
20º
MIN 14º MÁX 25º

Edição

Pertences de Al Capone vendidos por pelo menos 3 milhões em leilão

O infame gangster já morreu há quase 75 anos, mas o interesse que desperta continua bastante vivo.

Pertences de Al Capone vendidos por pelo menos 3 milhões em leilão - O infame gangster já morreu há quase 75 anos, mas o interesse que desperta continua bastante vivo.

Al Capone pode ter morrido há quase 75 anos, mas o interesse no infame gangster de Chicago continua bem vivo. Prova disso é a venda de alguns dos seus bens em leilão, no fim de semana, por pelo menos 3 milhões de dólares (2,5 milhões de euros).

O Chicago Tribune relata que a família de Capone vendeu vários dos seus pertences, incluindo aquela que foi anunciada como a sua arma favorita, num leilão na Califórnia, onde vivem três das suas netas.

O evento, denominado 'Um Século de Notoriedade: O Espólio de Al Capone', foi realizado num clube privado em Sacramento e atraiu cerca de mil licitadores registados, incluindo 150 que compareceram pessoalmente ao evento que durou quatro horas.

Entre os itens a serem leiloados estava um humidificador de charutos em forma de urso, bem como joias com diamantes e algumas fotografias de família. O item mais popular foi a pistola semiautomática Colt calibre .45, considerada como a favorita de Al Capone, que foi vendida por 860 mil dólares (mais de 740 mil euros). Várias das peças contam com as iniciais do gangster.

A maior parte das identidades dos compradores foi mantida em segredo. Mas aquele cujo nome se tornou público é Kevin Nagle, um investidor e empresário de Sacramento, que comprou, entre outros objetos, um humidificador decorativo e uma fivela de cinto de ouro amarelo de 18 quilates e platina.

A história de Capone é conhecida, em grande parte graças a uma série de filmes, programas de televisão e livros sobre o mafioso. Considerado e apelidado como Inimigo Público n.º 1 após o 'Massacre do Dia dos Namorados' de 1929, onde sete membros de um gang rival foram mortos a tiro num estacionamento, Capone foi condenado por fuga aos impostos em 1934 e passou 11 anos preso em Alcatraz, uma prisão federal no meio da baía de São Francisco.

Morreu de ataque cardíaco em 1947 na casa da Flórida, onde juntamente com os seus associados teria planeado o massacre anos antes.

Pode ver na galeria acima vários dos objetos que foram a leilão. 

Leia Também: Antiga casa de Al Capone no sul da Flórida vai ser demolida

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório