Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2021
Tempo
15º
MIN 9º MÁX 18º

Edição

ONU procura obter cerca de 690 milhões de doadores para refugiados

A agência da ONU para a ajuda aos refugiados palestinianos (Unrwa) vai procurar obter cerca de 690 milhões de euros durante uma conferência de doadores em Bruxelas prevista para novembro, indicou hoje um responsável da instituição.

ONU procura obter cerca de 690 milhões de doadores para refugiados
Notícias ao Minuto

18:08 - 01/10/21 por Lusa

Mundo ONU

"Procuramos obter, para um ano, 800 milhões de dólares [cerca de 690 milhões de euros] destinados às três atividades principais da Unrwa, a educação, saúde e proteção social", indicou aos 'media' o comissário-geral, Philippe Lazzarini, durante um encontro em Nova Iorque.

"O principal objetivo desta conferência", coorganizada pela Suécia e Jordânia e prevista para meados de novembro, "consiste em obter uma melhor previsibilidade" e "promover a visibilidade", insistiu o responsável da ONU de nacionalidade suíça.

Este montante permitirá manter em funcionamento cerca de 700 escolas geridas pelo organismo das Nações Unidas, frequentadas por 550.000 rapazes e raparigas, e ainda os centros de saúde e prosseguir com a proteção social aos refugiados palestinianos, prosseguiu Philippe Lazzarini.

A este montante de 690 milhões de euros junta-se a necessidade de fundos para a ajuda humanitária assegurada pela Unrwa, que varia segundo as crises numa base anual, e calculados em 500.000 dólares (430.000 euros) para 2022, verba semelhante à utilizada em 2021, indicou o responsável em funções desde abril.

Indicou ainda que a agência ainda necessita de ajuda para o corrente ano, e que se arrisca a encerrar diversas atividades em novembro e dezembro.

"Continuamos hoje a batalhar, a correr atrás de dinheiro" e "nunca sei antecipadamente se vou conseguir pagar os salários aos cerca de 28.000 empregados" da Unrwa, explicou Lazzarini.

A propósito das críticas emitidas no passado, designadamente por Israel, sobre a formação de professores locais e o conteúdo dos livros escolares utilizados, o comissário-geral sublinhou que a Unrwa é transparente e uma das agências da ONU no mundo mais escrutinada nas suas ações.

"Os critérios de seleção dos professores como os livros escolares utilizados são os dois países que acolhem" os refugiados, recordou.

A Unrwa fornece uma ajuda a mais de cinco milhões de refugiados palestinianos que estão registados na organização, nos Territórios palestinianos, na Jordânia e no Líbano.

Leia Também: ONU saúda "sabedoria" de Presidente cessante em São Tomé e Príncipe

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório