Meteorologia

  • 25 OUTUBRO 2021
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 23º

Edição

Vídeo: Drone capta destruição à passagem da lava em La Palma

Pelo menos seis mil pessoas já tiveram de ser retiradas das suas casas na ilha de La Palma devido à erupção do vulcão Cumbre Vieja.

Imagens captadas por um drone mostram a destruição causada pela lava do vulcão Cumbre Vieja, em La Palma, que já destruiu 166 edifícios e obrigou à retirada de pelo menos seis mil pessoas desde domingo. 

A noite passada ficou marcada pela abertura de uma nova boca eruptiva, que ocorreu após um novo terremoto com magnitude de 4,1, registado às 21h32 de segunda-feira, de acordo com o Instituto Vulcanológico das Ilhas Canárias (Involcan).

Os fluxos de lava expelidos pelo vulcão Cumbre Vieja, que perderam velocidade, ainda não haviam chegado ao oceano esta manhã quando, segundo previsões preliminares, deveriam ter chegado ao litoral na noite de segunda-feira.

O vulcão Cumbre Vieja expele colunas de fumo que atingem várias centenas de metros de altura e entre 8.000 e 10.500 toneladas de dióxido de enxofre por dia, segundo a Involcan, mas, apesar disso, o espaço aéreo não foi encerrado.

A empresa que administra os aeroportos em Espanha (AENA) anunciou que todos os voos programados para segunda-feira no aeroporto de La Palma foram realizados e que outros 48 estavam programados para hoje.

Esta erupção, a primeira desde 1971 nesta ilha povoada por cerca de 85.000 habitantes, não causou vítimas, mas está a causar danos significativos.

O cálculo foi feito pelo programa de emergência por satélites da União Europeia Copernicus, que publicou hoje uma imagem tirada pelo satélite Sentinel 2 e que reflete a situação na noite de segunda-feira. 

Leia Também: No caminho até ao mar, lava do vulcão nas Canárias vai engolindo casas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório