Meteorologia

  • 25 OUTUBRO 2021
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 23º

Edição

AO MINUTO: Boris diz a Bolsonaro que vacinas salvam. N.º descem no Brasil

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Boris diz a Bolsonaro que vacinas salvam. N.º descem no Brasil

Portugal contabiliza, nesta altura, um número acumulado de 1.062.320 infeções confirmadas do vírus SARS-CoV-2 e 17.914 pessoas que morreram por causa da doença por ele causada. Hoje, foram reportados 306 novos casos e sete mortes, com subida do número de internados.

Esta segunda-feira, a Pfizer revelou que a sua vacina contra a Covid-19 é eficaz em crianças dos 5 aos 11 anos e que vai pedir autorização aos reguladores FDA e EMA para dar prosseguimento à vacinação desta faixa etária.

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

00h00 - Suspendemos aqui o registo de hoje. O acompanhamento será retomado na manhã de terça-feira. Já sabe, consulte a informação no site da DGS e acompanhe sempre as comunicações das autoridades competentes.

23h36 - Air France-KLM considera "fabuloso" alívio dos EUA para viajantes vacinados da UE. O levantamento das restrições impostas pelos Estados Unidos da América (EUA) de viagens para pessoas vacinadas contra a Covid-19 é "uma notícia fabulosa", um ano e meio depois, rejubilou hoje o diretor-executivo da Air France-KLM.

23h26 - Em Lisboa? Saiba onde vão estar os postos móveis de testagem à Covid-19. Todas as semanas, a Câmara Municipal de Lisboa coloca à disposição da população postos móveis de testagem à Covid-19. Esta segunda-feira, a autarquia revelou onde estes vão estar na semana que decorre até ao dia 25 de setembro

22h50 - Apesar de avisos, veterinários dos EUA reportam escassez de Ivermectina. Os veterinários norte-americanos queixam-se de dificuldade para repor os stocks de Ivermectina, mesmo após todos os alertas emitidos pelas autoridades de que o antiparasitário não deve ser usado em casos de Covid-19.

22h31 - Brasil notifica mais 203 óbitos e 7.884 casos no último dia. As autoridades de Saúde brasileiras notificaram esta segunda-feira mais 7.884 casos de infeção por novo coronavírus, um número inferior ao reportado no domingo (9.458). São ainda confirmadas mais 203 mortes associadas à doença, também uma descida em relação ao dia anterior (244).

22h13 - Boris Johnson diz a Jair Bolsonaro que vacinas salvam vidas. O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, destacou hoje a importância das vacinas contra a Covid-19, frisando que estas salvam vidas, durante um encontro com o Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, que afirma não ter sido vacinado. Os dois líderes encontraram-se hoje à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas em Nova Iorque, nos Estados Unidos da América (EUA). Enquanto os jornalistas saíam da sala no início da reunião bilateral, Johnson disse: "Obrigado a todos, tomem as vacinas da AstraZeneca".

21h11 - Angola com 221 casos e 18 mortes, n.º mais alto desde início da pandemia. Angola registou mais 18 óbitos, o número diário mais alto desde o início da pandemia no país, e 221 novos casos nas últimas 24 horas, informou hoje o secretário de Estado para a Saúde Pública.

20h35 - Cabo Verde com mais um óbito, 49 casos novos em 24 horas. Cabo Verde registou mais uma morte por Covid-19, em Santa Catarina de Santiago, diagnosticou mais 49 casos novos e 109 pessoas tiveram alta nas últimas 24 horas, informou hoje o Ministério da Saúde.

19h45 - Escola na Lourinhã reabre portas amanhã. A Escola EB 2,3 Dr. João das Regras, na Lourinhã, reabre esta terça-feira, depois de ter assegurado funcionários para substituir os 12 que estão em isolamento por terem contactado com outro que se encontra infetado pela covid-19.

19h29 - França reporta mais 91 óbitos e 1.515 casos no último dia. A França registou esta segunda-feira mais 1.515 infeções por novo coronavírus nas últimas 24 horas. Ontem foram reportados 5.814 casos confirmados. O número total de mortes aumentou para 116.050, com mais 91 óbitos registados no último dia em meio hospitalar (ontem foram reportadas 28 mortes).

18h50 - Sem vacina, Bolsonaro é obrigado a jantar de pé e na rua em Nova Iorque. O presidente brasileiro está em Nova Iorque, para marcar presença na Assembleia Geral da ONU, mas parece não poder entrar em restaurantes porque não está vacinado, segundo alertam os meios de comunicação brasileiros. Assim o mostra uma imagem publicada esta segunda-feira pelo ministro Luiz Ramos, referente ao jantar de domingo, que foi pizza e... na rua.

18h19 - Realizados 180 mil testes em escolas, taxa de positividade de 0,12%. O Ministério da Educação revela esta segunda-feira que, entre o dia 6 e o dia 17 de setembro, foram realizados cerca de 180 mil testes à Covid-19 a trabalhadores docentes e não docentes de todos os estabelecimentos de educação e ensino.

18h01 - Portugal com mais sete mortes e 306 infetados. Portugal reportou esta segunda-feira mais 306 novos casos positivos de infeção pelo novo coronavírus e sete mortes associadas à Covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral de Saúde.

O número de pacientes internados em enfermaria subiu para 471 (mais 16 desde ontem) depois de seis dias de descida consecutiva. O número de doentes internados em UCI, por outro lado, continua a diminuir, contabilizando-se agora 82 pacientes internados em estado mais grave (menos 4 desde ontem).

18h00 - Europeus saúdam levantamento de restrições de viagens para os EUA. Os países europeus saudaram hoje o anúncio do levantamento de restrições impostas pelos EUA aos viajantes estrangeiros para entrarem no país a partir de novembro, desde que totalmente vacinados contra a Covid-19.

17h58 - Um quinto das empresas já tem atividade semelhante a antes da pandemia. Mais de um quinto das empresas (21%) já atingiu um nível de atividade semelhante ao que tinha antes da pandemia de Covid-19, segundo um inquérito divulgado hoje pela CIP - Confederação Empresarial de Portugal.

17h53 - Espanha reporta mais 5.988 casos e 118 mortes desde sexta-feira. O Ministério da Saúde espanhol reporta, esta segunda-feira, um acréscimo de 5.988 casos de contágio ao balanço total, número que inclui sexta-feira, sábado e domingo, uma vez que os dados não são atualizados ao fim de semana. As autoridades sanitárias registaram, ainda, a morte de 118 pessoas desde sexta-feira, segundo o reportado pelas comunidades. 

17h21 - Alívio dos EUA para viajantes vacinados da UE é "excelente notícia". A Comissão Europeia considerou hoje uma "excelente notícia", nomeadamente para os negócios, a decisão dos Estados Unidos de permitir, a partir de novembro, a entrada no país de viajantes totalmente vacinados contra a covid-19 vindos da União Europeia (UE). "É muito bom verificar que os Estados Unidos vão flexibilizar as restrições de viagem para os passageiros vacinados" a partir de novembro, reagiu o vice-presidente executivo da Comissão Europeia Valdis Dombrovskis, através da sua conta oficial do Twitter.

17h19 - Casos descem em Itália, 76% da população já com processo vacinal completo. As autoridades de Saúde italianas notificaram esta segunda-feira mais 2.407 novos casos de infeção por novo coronavírus, uma descida em relação ao dia anterior (3.838). As autoridades notificam ainda mais 44 óbitos referentes às últimas 24 horas, uma subida em relação à véspera (26).

16h53 - Reino Unido reporta mais 36.100 casos e 49 óbitos nas últimas 24 horas. O Reino Unido reportou esta segunda-feira mais 36.100 casos confirmados de contágio por novo coronavírus nas últimas 24 horas e mais 49 óbitos associados à doença Covid-19. Em relação ao dia anterior, o número de casos sobe (29.612), mas o número de mortes desce (56).

16h30 - Passe sanitário obrigatório no acesso ao Vaticano a partir de outubro. O Vaticano anunciou hoje que passa a exigir, a partir de outubro, um certificado sanitário para permitir a entrada de pessoas na cidade-Estado. "A partir de 1 de outubro de 2021, o acesso à Cidade do Vaticano vai ser permitido exclusivamente às pessoas portadoras de um passe sanitário", pode ler-se no despacho datado de 18 de setembro, cujo texto foi publicado hoje pelo gabinete de imprensa do Vaticano.

16h19 - EUA permitem a partir de novembro entrada de viajantes internacionais vacinados. Os Estados Unidos (EUA) anunciaram hoje que, a partir do início de novembro, passam a permitir a entrada de viajantes da União Europeia e do Reino Unido, desde que tenham a vacinação completa. Os viajantes devem apresentar prova de vacinação e um teste negativo feito três dias antes da viagem, disse Jeff Zients, chefe da equipa de combate contra a pandemia de Covid-19 da Casa Branca, durante uma conferência de imprensa virtual.

15h55 - Boris Johnson prioriza dose de reforço a doações de vacinas. O primeiro-ministro britânico falou sobre o programa de vacinação do Reino Unido aos jornalistas, a partir de Nova Iorque, onde irá participar na Assembleia Geral da ONU, e disse dar prioridade à dose de reforço ao invés de doar vacinas. "Deveremos interromper a aplicação de doses de reforço para pessoas idosas e vulneráveis? Bem, eu vi evidências do que as doses de reforço podem fazer, vi a proteção extra que conferem às pessoas e tenho que admitir que penso que terá que ser a nossa prioridade e continuaremos a fazê-lo", disse Boris Johnson, citado pelo Guardian.

15h19 - Presidente do Parlamento Europeu internado devido a pneumonia. O presidente do Parlamento Europeu (PE), David Sassoli, está internado num hospital de Estrasburgo com uma pneumonia, foi hoje anunciado pelo seu porta-voz. Na quarta-feira, o PE tinha já anunciado que o presidente da instituição se encontrava doente e com resultado negativo a um teste da Covid-19.

15h15 - Açores com 78,8% da população com vacinação completa. Os Açores têm 78,8% da população com vacinação completa contra a Covid-19, tendo sido administradas mais de 358 mil doses desde dezembro, revelou hoje a Autoridade de Saúde Regional.

15h14 - Portugal é 10.º país da UE com menos casos diários. Portugal é o décimo país da União Europeia com menos novos casos diários (90) de infeção por SARS-CoV-2 por milhão de habitantes na última semana, segundo o 'site' estatístico Our World in Data. Com 502 casos diários, a Eslovénia é o país-membro com a maior média neste indicador, seguida da Lituânia (397), Estónia (330), Croácia (282) e Letónia (257).

15h00 - Iniciámos um novo registo. Para conferir as atualizações da manhã clique aqui.

Leia Também: AO MINUTO: Portugal, o 10.º país com menos casos; Novo método de vacinar?

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório