Meteorologia

  • 20 ABRIL 2024
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 23º

AO MINUTO: 5 mil milhões de doses em todo o mundo. OMS: "Desigualdades"

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: 5 mil milhões de doses em todo o mundo. OMS: "Desigualdades"

Portugal regista hoje 13 mortes atribuídas à Covid-19, 2.261 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 e uma redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos, segundo dados oficiais. Desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram em Portugal 17.658 pessoas e foram registados 1.022.807 casos de infeção.

Esta terça-feira, o mais recente relatório de diversidade genética do SARS-CoV-2 indicou que a frequência da variante Delta, inicialmente identificada na Índia, é de 100% em todas as regiões de Portugal

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

00h00 - Suspendemos aqui o registo de hoje. O acompanhamento será retomado na manhã de quarta-feira. Já sabe, consulte a informação no site da DGS e acompanhe sempre as comunicações das autoridades competentes. Caso tenha sintomas:

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24

SNS24 da Madeira: 800 24 24 20

SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

Só quer tirar dúvidas? Não assoberbe as linhas telefónicas: atendimento@sns24.gov.pt

23h53 - Certificados de vacinação à venda na internet, PSP já detetou 10 casos. Na rede social Telegram, há certificados de vacinação contra Covid-19 à venda por 200 euros em moedas digitais. Nas ofertas, é garantido que estes certificados estão alegadamente registados, com código QR válido e que são registados por médicos profissionais. 

23h49 - Impacto no desporto. O Estrela da Amadora tem um surto de Covid-19 no plantel e está a analisar o adiamento do encontro da quarta jornada da II Liga de futebol, confirmou hoje fonte oficial do clube à Lusa.

23h31 - Carregado do Sal alerta para novos casos, maioria estão ligados a lar. Um surto de Covid-19 num lar está a preocupar a Câmara Municipal de Carregado do Sal. Até ao momento, há registo de 24 casos ativos na comunidade.

23h07 - Agência europeia autoriza novos locais de produção de vacinas. A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) autorizou hoje novos locais de fabricação das vacinas contra o novo coronavirus da Pfizer/BioNTech, na França e Alemanha, e da Moderna, nos EUA, o que aumenta a capacidade de fornecimento na União Europeia (UE).

22h49 - Brasil reporta mais 894 óbitos e 30.872 casos de contágio no último dia. As autoridades de Saúde brasileiras reportam, esta terça-feira, mais 30.872 casos de infeção por novo coronavírus, uma descida em relação ao dia anterior (14.404). São ainda confirmadas mais 894 mortes associadas à doença, também uma subida em relação à véspera (321).

21h51 - Cinco mil milhões de doses administradas em todo o mundo. Foram administradas mais de cinco mil milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 em todo o mundo, avança esta terça-feira a AFP, de acordo com informação divulgadas por fontes oficiais. Cerca de 40% (1,96 mil milhões) dos 5 mil milhões de doses foram administradas pela China, seguindo-se a Índia (589 milhões) e os Estados Unidos (363 milhões). Estes são os três países que mais vacinaram em todo o mundo em termos absolutos.

20h44 - Mais 264 casos, três óbitos e 114 pessoas recuperadas em Angola. Angola reportou, nas últimas 24 horas, mais três óbitos associados à Covid-19, 264 novas infeções pelo SARS-CoV-2 e 114 pessoas recuperadas, segundo o boletim epidemiológico da Direção Nacional de Saúde Pública.

20h41 - Madeira com 43 novos casos de Covid-19 e oito doentes hospitalizados. A Madeira registou hoje 43 novos casos de Covid-19 e 34 recuperações, elevando o número de infeções ativas para 373, indicou a Direção Regional da Saúde, referindo que oito doentes estão hospitalizados.

19h32 - França notifica 153 óbitos em meio hospitalar, maior registo desde maio. A França registou esta terça-feira mais 24.853 infeções por novo coronavírus nas últimas 24 horas, um número superior ao de segunda-feira (5.166), quando os registos são normalmente mais baixos. No mesmo período, foram notificadas mais 153 mortes em meio hospitalar, um registo superior à véspera (108) e o maior número desde 25 de maio (199).

19h17 - Angola quer atingir cobertura vacinal de 31% até final de setembro. A ministra da Saúde angolana disse hoje que o país quer aumentar as suas cifras de vacinados contra a Covid-19, prevendo ter 31% de cobertura vacinal até ao final do mês de setembro.

19h14 - OMS critica "desigualdades chocantes" no acesso a vacinas em África. A Organização Mundial de Saúde (OMS) criticou hoje as "desigualdades chocantes" no acesso às vacinas contra a Covid-19 por parte dos países africanos, quando comparados com os países de outras regiões do mundo. "No mundo, 140 países vacinaram pelo menos 10% da sua população, mas no nosso continente, apenas quatro países conseguiram atingir este objetivo, devido a desigualdades chocantes no acesso às vacinas", disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

18h36 - Cerca de 6,5 milhões de certificados digitais emitidos em Portugal. Cerca de 6,5 milhões de portugueses, o equivalente a 65% da população, dispõem do certificado digital europeu que começou a ser emitido em 16 de junho, anunciaram hoje os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS). Estes certificados começaram a ser emitidos em Portugal em 16 de junho e entraram em vigor em toda a União Europeia em 1 de julho, com o objetivo de facilitar a livre circulação dos cidadãos nos Estados-membros de forma segura durante a pandemia.

18h31 - Estabelecimentos encerram à 1h a partir de sexta-feira na Madeira. O horário de encerramento dos estabelecimentos na Madeira vai ser alargado para as 01:00 a partir de sexta-feira, indicou hoje o presidente do Governo Regional, referindo que o recolher obrigatório fica entre as 02:00 e as 5h.

18h18 - Ordem dos Médicos diz ser preciso corrigir "problemas" em Ponta Delgada. O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, defendeu hoje que o conselho de administração do Hospital de Ponta Delgada "tem condições para continuar", mas disse ser necessário corrigir alguns "problemas" na gestão da unidade.

17h45 - Surto no Porto Santo entrou em "curva descendente". O surto de Covid-19 no Porto Santo, que registou um pico de 151 casos na primeira quinzena de agosto, encontra-se agora em recessão, mas ainda com 66 infeções ativas, indicou hoje o delegado de saúde da ilha.

17h29 - Espanha reporta 190 óbitos, maior número diário de mortes desde de maio. O Ministério da Saúde espanhol reporta, esta terça-feira, 190 óbitos associados à doença causada pelo vírus SARS-CoV-2, o maior registo diário desde 11 de maio (205). Sublinhe-se que se excluem aqui as segundas-feiras, quando são reportados os números desde sexta-feira anterior (ontem foram reportadas 201 mortes). Foram também notificados mais 10.072 casos (ontem foram reportados 23.899).

17h10 - Itália notifica mais 6.076 novos casos e 60 óbitos associados à Covid-19. As autoridades de Saúde italianas notificaram esta terça-feira mais 6.076 novos casos de infeção por novo coronavírus, uma subida em relação ao dia anterior (4.168). As autoridades notificam ainda mais 60 óbitos referentes às últimas 24 horas, também uma subida em relação à véspera (44).

16h50 - Reino Unido reporta maior número de óbitos em mais de cinco meses. O Reino Unido reportou esta terça-feira mais 30.838 casos confirmados de contágio por novo coronavírus e mais 174 óbitos associados à doença Covid-19, registados nas últimas 24 horas. Embora o número de novos casos diários tenha descido ligeiramente em relação a segunda-feira (31.914), o número de óbitos subiu para o maior registo desde 12 de março (175), há mais de cinco meses.

16h29 - Portugal envia segundo lote de vacinas para São Tomé e Príncipe. O lote, com 37 mil doses da vacina AstraZeneca e o material necessário para a sua administração, está previsto chegar amanhã à cidade de São Tomé.

16h14 - Autoridades põem fim a ajuntamento com 200 pessoas na Figueira da Foz. Polícia Marítima e a PSP interromperam, durante a madruga desta terça-feira, um ajuntamento de cerca de 200 pessoas, na Praça do Forte, na Figueira da Foz. Em comunicado, a Autoridade Marítima Nacional adiantou que o o convívio foi identificado durante uma ação de patrulhamento conjunta por volta das 5h00.

16h13 - Dois militares do navio NRP Setúbal testaram positivo à Covid-19. Dois militares da tripulação do navio NRP Setúbal, que assegura missões de busca e salvamento, testaram positivo à Covid-19, tendo sido retirados do navio, enquanto os restantes 61 tripulantes permanecem na embarcação, anunciou hoje a Marinha.

16h12 - Lar de Marvão com 47 utentes e funcionários infetados com Covid-19. Um surto de Covid-19 num lar de Santo António das Areias, no concelho de Marvão (Portalegre), já infetou 47 pessoas, entre utentes e funcionários, disse hoje à agência Lusa a presidente da instituição.

15h33 - "Vírus não tem marcas de ter sido criado intencionalmente por humanos". O diretor dos Institutos Nacionais de Saúde norte-americanos (NIH) indicou, na segunda-feira, que a Covid-19 "não tem as marcas de ter sido criado intencionalmente por humanos", mas não colocou de parte a hipótese de ter saído acidentalmente de um laboratório em Wuhan.

"A vasta evidência de outras perspetivas diz que não, este vírus ocorreu naturalmente. Não quer dizer que não estivesse sob análise, secretamente, no Laboratório de Virologia de Wuhan e que tenha escapado de lá, não sabemos isso. Mas o vírus não tem marcas de ter sido criado intencionalmente por humanos", disse Francis Collins, à CNBC, numa altura em que o presidente norte-americano, Joe Biden, se prepara para ser informado sobre a investigação às origens da Covid-19, pedida pelo próprio.

De acordo com a Reuters, que cita fontes conhecedoras do relatório, há corroboração, no últimos meses, de que o vírus se tenha espalhado naturalmente entre animais, aumentando a suspeita de um acidente de laboratório. O chefe da missão da ONU em Wuhan, recorde-se, disse que o paciente zero terá sido uma pessoa que estava a recolher amostras de coronavírus em morcegos.

15h14 - Afeganistão: OMS avisa que só tem material médico para uma semana. A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou hoje para as dificuldades em abastecer o Afeganistão de material médico e avisou que só tem recursos para uma semana, num momento em que as necessidades médicas aumentam no país.

15h13 - Quatro casos positivos na Misericórdia de Proença-a-Nova. O surto de Covid-19 detetado no início de agosto, na Santa Casa da Misericórdia de Proença-a-Nova, regista atualmente quatro casos positivos, todos eles de funcionários, não se verificando qualquer infeção entre os utentes.

15h12 - Israel autoriza terceira dose da vacina para maiores de 30 anos. Israel anunciou hoje a foi autorizado que pessoas a partir dos 30 recebam a terceira dose da vacina contra o novo coronavírus, para combater o aumento dos contágios ligados à variante Delta.

15h10 - População estará mais suscetível à gripe no próximo inverno. Pneumologista Filipe Froes defende que é preciso antecipar e preparar a próxima época gripal tendo em consideração que, depois de um ano sem gripe, a população esteja agora mais suscetível ao vírus.

15h09 - Portugal com 2.261 infetados e 13 mortes nas últimas 24 horas. Portugal registou, no último dia, mais 2.261 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e 13 mortes relacionadas com a Covid-19, indica o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral de Saúde (DGS). O relatório desta terça-feira indica que há agora 716 pessoas internadas (menos 17 do que na véspera). Destas, 148 estão em Unidades de Cuidados Intensivos (menos três). 

15h00 - Iniciámos um novo registo. Para conferir as atualizações da manhã clique aqui.

Leia Também: AO MINUTO: Casos ativos descem; Vacinas mRNA menos eficazes contra Delta

Recomendados para si

;
Campo obrigatório