Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2021
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

Morreram em Cuba cinco generais históricos nos últimos 10 dias

Cuba testemunhou nos últimos 10 dias a morte de cinco generais que ao longo de várias décadas integraram as forças armadas do país caribenho, divulgaram hoje as agências internacionais.

Morreram em Cuba cinco generais históricos nos últimos 10 dias
Notícias ao Minuto

23:41 - 27/07/21 por Lusa

Mundo Cuba

O óbito mais recente foi o do brigadeiro-general Armando Choy Rodríguez que morreu na segunda-feira aos 87 anos, segundo confirmou a Universidade Central de Las Villas, citada pela agência espanhola EFE, sem dar pormenores sobre a causa de morte.

Nascido em 1934, Choy Rodríguez foi um dos fundadores do Movimento 26 de Julho, movimento revolucionário fundado por Fidel Castro contra o ditador Fulgencio Batista e que teria um papel determinante na Revolução Cubana (1953-1959).

No domingo, o Ministério das Forças Armadas Revolucionárias (Minfar) divulgou a morte de Manuel Lastres Pacheco, um outro general na reserva que lutou como soldado na guerrilha na Sierra Maestra (montanhas no sudeste da ilha caribenha), durante a Revolução Cubana, sob as ordens do comandante Ernesto "Che" Guevara.

Nos dias anteriores, as autoridades cubanas já tinham igualmente anunciado a morte de outros três generais na reserva: Rubén Martínez Puente, Marcelo Verdecia Perdomo e Agustín Peña.

Leia Também: Presidente Obrador diz ser "desumano e medieval" bloqueio dos EUA a Cuba

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório