Meteorologia

  • 07 OUTUBRO 2022
Tempo
28º
MIN 16º MÁX 29º

AO MINUTO: Ministro espera que menores possam ser vacinados até setembro

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no mundo.

AO MINUTO: Ministro espera que menores possam ser vacinados até setembro
Notícias ao Minuto

15:52 - 14/07/21 por Fábio Nunes

Mundo Coronavírus

Portugal registou esta terça-feira o maior número de casos diários de Covid-19 desde 10 de fevereiro. Segundo os dados divulgados pela Direção-Geral da Saúde (DGS), foram diagnosticados 4.153 contágios e mais nove óbitos nas últimas 24 horas. No total, Portugal soma 916.559 casos de infeção e 17.182 vítimas mortais. O número de recuperados aumentou para 852 mil. Os casos ativos continuam a subir.

Portugal continua na zona vermelha da matriz de risco, tendo a incidência aumentado para 336,3 casos de infeção por 100 mil habitantes, a nível nacional. Se tivermos em conta o Continente, a incidência aumentou para 346,5 casos por 100 mil habitantes.

Quanto à transmissibilidade, o Rt a nível nacional é de 1,14 e no Continente de 1,15 (uma ligeira descida face à última atualização).

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o regulador que aprova o uso de medicamentos no Brasil, autorizou hoje duas pesquisas clínicas de vacinas contra a Covid-19.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução do coronavírus em Portugal e no mundo

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no mundo.

00h03 - Suspendemos aqui o registo de hoje, mas pode continuar a acompanhar-nos na manhã de quinta-feira. Já sabe, consulte a informação no site da DGS e acompanhe sempre as comunicações das autoridades competentes. Caso tenha sintomas:

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24

SNS24 da Madeira: 800 24 24 20

SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

Só quer tirar dúvidas? Não assoberbe as linhas telefónicas: [email protected]

23h58 - A Argentina superou hoje as 100 mil mortes por Covid-19 num processo marcado pelas severas medidas de restrição e por uma campanha de vacinação ideologizada que deixa o país vulnerável à iminente chegada da variante Delta.

Com 614 novas vítimas fatais, a Argentina chegou aos 100.250 óbitos, ocupando a posição 11 no ranking de mortes, apenas superada, na América Latina, por Peru, Brasil e Colômbia

"É uma cifra tremendamente dolorosa. Tem de levar-nos a refletir sobre o que podíamos ter feito melhor, sobretudo para não continuarmos a cometer erros daqui para frente", pediu Fernán Quirós, ministro da Saúde do Distrito Federal de Buenos Aires, governado pela oposição.

23h28 - O governo espera que 2021 possa constituir um ano de "retoma integral" do desporto, reconheceu hoje o ministro da tutela, Tiago Brandão Rodrigues, mediante a evolução do programa nacional de vacinação contra a Covid-19.

23h11 - O Infarmed decidiu abrir, esta quarta-feira, uma investigação a um alegado caso de reações adversas à vacina da Janssen, no centro de vacinação Covid-19 de Mafra. 

Até ao momento não foram reportadas suspeitas de defeito.

22h47 - O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) revelou esta quarta-feira que foram diagnosticados 57.736 novos contágios e morreram mais 1.556 pessoas no Brasil. Em termos acumulados, o país soma 19.209.729 casos confirmados e 537.394 vítimas mortais. 

A incidência acumulada está a subir no Brasil, e fixa-se em 9.141,1 casos por 100 mil habitantes. 

22h33 - Portugal vai disponibilizar a Angola 50.000 doses de vacinas contra a Covid-19, para apoiar as autoridades angolanas no plano de vacinação. As vacinas chegam amanhã a Luanda, foi hoje anunciado.

22h03 - O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, disse hoje que espera que até ao início do próximo ano letivo, em setembro, os alunos mais jovens possam ser vacinados contra a Covid-19.

"Acreditamos com veemência que a vacinação dos mais jovens deve acontecer o mais rapidamente possível, se possível ainda em agosto", disse o governante, partilhando a vontade anteriormente manifestada pela ministra da Saúde, Marta Temido.

20h23 - A PRO.VAR -- Associação Nacional de Restaurantes pediu hoje, no Porto, ao Governo a eliminação imediata dos autotestes à Covid-19 e quer unidades fixas e móveis de saúde à porta dos restaurantes a fazer testes PCR.

19h56 - As Baleares, Espanha, e as Ilhas Virgens britânicas foram "despromovidas" para a 'lista amarela' de viagens por causa do risco crescente de Covid-19, anunciou o governo britânico, pelo que alguns viajantes terão de fazer quarentena à chegada a Inglaterra.

19h40 - A África do Sul suspendeu a administração de vacinas contra a Covid-19 devido à violência que tem afetado o país, disseram hoje as autoridades de saúde do país que enfrenta um aumento exponencial de casos.

19h22 - A Madeira registou hoje 23 novos casos de Covid-19 e cinco recuperados, anunciou a Direção Regional da Saúde (DRS), referindo que a região contabiliza agora um total de 138 casos ativos.

19h20 - O Governo Regional dos Açores esclareceu hoje que os estudantes do Ensino Superior residentes na região que estudam fora devem inscrever-se no portal online de vacinação contra a Covid-19 para serem inoculados durante as férias de verão.

19h17 - As autoridades de saúde francesas anunciaram esta quarta-feira que foram detetados 8.875 casos de contaminação e morreram mais seis pessoas no último dia. França totaliza 5.829.724 casos confirmados e 111.442 vítimas mortais. O número de recuperados ascende a 386.839. 

A incidência acumulada fixa-se em 40,3 casos por 100 mil habitantes. 

18h53 - Espanha reportou 26.390 novas infeções e mais 10 óbitos no espaço de 24 horas, de acordo com os dados divulgados esta quarta-feira pelo Ministério da Saúde espanhol. Em termos globais, o país contabiliza 4.041.474 casos de contágio e 81.043 vítimas mortais.

A incidência acumulada continua a subir. Nos últimos 14 dias, a incidência de casos em Espanha situou-se em 469 casos por 100 mil habitantes. 

18h29 - O Ministério da Saúde garantiu que os indicadores propostos hoje pela Ordem dos Médicos para a matriz de risco já são considerados nas decisões sobre pandemia e remeteu eventuais alterações para depois da próxima reunião do Infarmed. 

"O Ministério da Saúde acompanha diariamente e divulga com regularidade os vários indicadores que a Ordem dos Médicos sugere que sejam integrados na matriz de risco. Estes indicadores têm, de resto, sido tomados sempre em consideração nos processos de decisão", adiantou o gabinete de Marta Temido à Lusa.

18h26 - A Associação de Escolas de Saúde Pública da Europa considerou que a Europa está "numa encruzilhada", alertando que acelerar demasiado o abandono de medidas preventivas pode pôr em causa o controlo de pandemia e parte dos esforços de vacinação. 

18h06 - A Agência Europeia do Medicamento (EMA) e o Centro Europeu para o Controlo de Doenças (ECDC) consideraram hoje ser "demasiado cedo" para avançar com uma decisão sobre a necessidade de uma hipotética terceira dose das vacinas contra a Covid-19.

"Atualmente, é demasiado cedo para confirmar se e quando será necessária uma dose de reforço para as vacinas Covid-19, porque ainda não há dados suficientes das campanhas de vacinação e dos estudos em curso para compreender quanto tempo durará a proteção contra as vacinas, considerando também a propagação de variantes", referiram as duas instituições europeias num comunicado conjunto.

18h00 - Um deputado, que esteve esta manhã em reuniões no Parlamento, testou positivo à Covid-19 e os serviços da Assembleia da República identificaram 31 contactos de risco, avança o Observador. 

17h25 - O Reino Unido reportou, esta quarta-feira, 49 mortes devido à Covid-19 e 42.302 novos contágios, de acordo com o último balanço das autoridades britânicas. Este é o número mais alto de infeções diárias desde 15 de janeiro, e o oitavo dia seguido em que excederam os 30 mil.

16h57 - O bastonário da Ordem dos Médicos considera "fundamental" que a Direção-Geral da Saúde (DGS) tome uma decisão quanto à vacinação de crianças e jovens.

"Estas situações são complicadas, mas têm de ser tomadas decisões", vincou Miguel Guimarães, em declarações à Lusa, no final da sessão de apresentação, na Ordem dos Médicos, em Lisboa, do novo indicador para avaliar o estado da pandemia concebido por uma equipa de especialistas.

"É preciso ter alguma prudência, é preciso ter algum cuidado, é preciso analisar todo o conhecimento que existe nesta matéria e depois tomar uma decisão", insistiu.

"Penso que muito em breve a Direção-Geral da Saúde vai tomar uma decisão sobre essa matéria, com base nos contributos dos peritos", acredita.

16h55 - A Associação Nacional de Discotecas considerou hoje que os apoios ao setor anunciados pelo Governo "são tardios, ainda que bem-vindos", e insistiu que há condições para a reabertura, após 16 meses de encerramento devido à Covid-19.

16h53 - As autoridades de saúde italianas notificaram esta quarta-feira o registo de mais 2.153 novos casos de infeção por novo coronavírus, o valor mais elevado desde 9 de junho. As autoridades notificam ainda mais 23 óbitos referentes às últimas 24 horas.

Itália contabiliza agora um total de 4.275.846 casos positivos confirmados desde o início da pandemia no país, a 21 de fevereiro de 2020. O número total de mortes é agora de 127.831.

16h28 - O Centro Europeu para o Controlo de Doenças (ECDC) acredita que a variante Delta do vírus SARS-CoV-2 constitua cerca de 90% dos casos de infeção na União Europeia (UE) no final de agosto e apela à vacinação completa.

16h06 - A modalidade Casa Aberta foi alargada, esta quarta-feira, para as pessoas com 40 anos ou mais, anunciou a task force da vacinação contra a Covid-19.

A task force ressalva, porém, que esta possibilidade dirige-se apenas a quem não tenha sido infetado com o SARS-CoV-2 nos últimos seis meses. 

15h43 - A Indonésia anunciou hoje ter registado pela primeira vez mais de 54 mil casos do novo coronavírus num só dia, ultrapassando números recentes de infeções diárias na Índia, cujo surto está a diminuir, e tornando-se um foco de crise na Ásia.

O Ministério da Saúde divulgou 54.517 casos e 991 mortes nas últimas 24 horas, fazendo subir os totais desde o início da pandemia para os 2,6 milhões de infeções e mais de 69.000 óbitos.

15h32 - A presença de mulheres nas notícias sobre a Covid-19 é superior à que têm noutros temas, mas tal não se traduz em mais voz, sendo a qualidade do conteúdo "pior", avalia um estudo divulgado hoje.

Leia Também: AO MINUTO: Novo máximo diário desde fevereiro; Incidência volta a subir

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório