Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2021
Tempo
MIN 6º MÁX 17º

Edição

AO MINUTO: Argumentos britânicos "inválidos"; Mais mil óbitos no Brasil

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Argumentos britânicos "inválidos"; Mais mil óbitos no Brasil

Portugal registou 388 novos casos e mais duas mortes causadas pela Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Em termos globais, o país acumula 853.034 infeções confirmadas e 17.036 mortes. O número de recuperados subiu para 812 mil. 

Os internamentos aumentaram, tanto em enfermaria como nas unidades de cuidados intensivos. 

O Rt do coronavírus desceu de 1,08 para 1,07, mas a incidência de casos de infeção por 100 mil habitantes subiu de 69,8 para 72,2.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no mundo

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

00h01 - Chegou ao fim este registo, mas o acompanhamento será retomado na manhã de terça-feira. Já sabe, acompanhe as comunicações das autoridades competentes e, caso tenha sintomas, contacte:

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24

SNS24 da Madeira: 800 24 24 20

SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

23h59 - O chefe da diplomacia da Hungria é esperado terça-feira na Praia, para uma visita durante a qual vai entregar às autoridades cabo-verdianas uma doação de 100 mil doses da vacina da AstraZeneca contra a Covid-19.

23h18 - O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse hoje achar "muito estranho" que Espanha passe a exigir um teste negativo à Covid-19 a quem viajar de Portugal por via terrestre sem ter informado o governo português.

"Naturalmente, tendo vindo de Espanha há dois dias, acho que não é estranho, é muito estranho que isso tenha ocorrido sem uma palavra ao Governo português", afirmou, reforçando: "Eu acompanho o governo, obviamente, naquilo que é a estranheza por, de repente, haver um dos países que adota uma posição unilateral".

23h15 - A República Checa vai reabrir as fronteiras a cidadãos da União Europeia e da Sérvia a 21 de junho, foi hoje anunciado. À entrada no país, será necessário apresentar um teste negativo à Covid-19, um certificado de vacinação ou de recuperação da doença

23h07 - O governo angolano anunciou hoje que mais oito províncias do país, com exceção de Luanda, contam já com novas variantes da Covid-19, com "casos importados e de transmissão local".

22h38 - O Brasil registou, nas últimas 24 horas, mais 1.010 mortos devido à Covid-19 e 37.156 novas infeções, de acordo com os dados revelados esta segunda-feira pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Em termos acumulados, o Brasil soma 16.984.218 casos positivos e 474.414 vítimas mortais.

22h27 - O ministro dos Negócios Estrangeiros assegura que os argumentos das autoridades britânicas para justificar a retirada de Portugal da lista verde de viagens internacionais são "inválidos" e confessa que foi "apanhado de surpresa" com a decisão.

"Os dois argumentos usados pelas autoridades britânicas para justificar a retirada de Portugal da lista verde são inválidos", sublinhou Augusto Santos Silva em entrevista no Jornal das 8 da TVI, apontando que "não é verdade" que o país tenha duplicado a taxa de positividade à Covid-19 nem é relevante a presença de variantes de preocupação em Portugal.

21h48 - Mais de 40% da população cabo-verdiana acima de 60 anos já recebeu pelo menos a primeira dose da vacina contra a Covid-19, totalizando mais de 21.000 pessoas, revelou hoje o diretor nacional de Saúde.

21h17 - Os jogadores da seleção nacional já estão vacinados contra a Covid-19, adianta esta segunda-feira o jornal Record. A mesma fonte revela que o processo de vacinação decorreu durante o mês de maio.

21h15 - O ministro dos Negócios Estrangeiros afirmou hoje que a exigência de um teste negativo à Covid-19 para atravessar a fronteira terrestre com Espanha "só pode ser um erro", sublinhando que, caso persista, Portugal terá de tomar "medidas de reciprocidade".

"Pedimos esclarecimentos sobre esta questão às autoridades espanholas, aguardamos que sejam prestados o mais rapidamente possível, porque, se não, teríamos de adotar, da nossa parte, medidas de reciprocidade equivalentes, tendo em conta que a situação epidemiológica de Espanha é, desde logo, pior do que a vivida em Portugal", afirmou Augusto Santos Silva.

"Esperemos que se trate de um equívoco da DGS de Espanha, que esse erro, esse equívoco, seja corrigido rapidamente, sob pena de termos de tomar medidas de reciprocidade", insistiu.

21h13 - A Madeira registou hoje quatro novos casos de Covid-19 e 14 recuperações, indicou a Direção Regional da Saúde (DRS), referindo que o total de infeções ativas no arquipélago é de 108 e há três doentes hospitalizados.

19h59 - A secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, lembrou hoje que Portugal ainda não está alinhado com as recomendações para o turismo e mobilidade que já foram difundidas pela Comissão Europeia

"Temos estado a trabalhar com a Comissão [Europeia], e muito recentemente uma série de novas recomendações foram publicadas. E temos alguns Estados-membros que ainda não estão totalmente alinhados com as recomendações, incluindo Portugal", admitiu a governante. 

19h57 - O Reino Unido abriu a vacinação a jovens na faixa dos 20 anos. Adultos entre 25 e 29 anos podem marcar a imunização a partir de amanhã, revelou hoje o ministro da Saúde, Matt Hancock, no parlamento. 

19h54 - O Governo português aguarda uma resposta de Madrid a um pedido de esclarecimentos sobre a exigência de apresentar teste à Covid-19 a quem entrar em Espanha pelas fronteiras terrestres, segundo fonte da embaixada de Portugal em Madrid.

Os executivos dos dois países estão em contacto "permanente" para "esclarecer" o alcance da medida e o impacto real no que é o quotidiano entre os dois países, aguardando-se uma reação do lado espanhol, disse a mesma fonte à agência Lusa.

19h52 - Os autotestes à Covid-19 passam a integrar a Estratégia Nacional de Testes para SARS-CoV-2, refere uma norma da Direção-Geral da Saúde, segundo a qual os centros de saúde podem realizar o teste a utentes assintomáticos se estes o consentirem.

19h43 - As autoridades de saúde francesas referiram esta segunda-feira que foram detetados 1.164 novos casos de infeção e morreram mais 64 pessoas desde ontem. França acumula 5.713.917 casos confirmados e 110.062 vítimas mortais. O número de pessoas recuperadas aproxima-se de 375 mil

19h13 - Espanha passou a exigir, desde hoje, a quem viajar de Portugal por via terrestre um teste negativo à Covid-19, certificado de vacinação ou de recuperação da doença, segundo o Consulado Geral de Espanha em Portugal.

Esta medida já se aplica a quem viajava de Portugal para Espanha pelas vias marítimas ou aéreas, sendo a partir de hoje obrigatório para quem cruzar a fronteira terrestre.

"A partir de 7 de junho todas as pessoas com mais de seis anos que cruzem a fronteira terrestre entre Portugal devem dispor de alguma das certificações sanitárias exigidas a todos os passageiros que entrem em Espanha por via aérea e marítima", refere o Consulado Geral de Espanha em Portugal na sua página da Internet.

Estas certificações passam pelo teste de diagnóstico à Covid-19 negativo (feito nas 48 horas anteriores), que pode ser PCR ou antigénio, certificado de vacinação ou de recuperação da doença.

19h02 - A Itália somou 1.273 novos casos de Covid-19 e 65 mortes nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde italiano, enquanto o recolher obrigatório foi atrasado uma hora, passando para a meia-noite na maior parte do país.

Com estes dados, o país acumula um total de 4.233.698 infetados desde o início da emergência sanitária, em fevereiro de 2020, dos quais 126.588 morreram

18h58 - O Ministério da Saúde espanhol revelou que foram identificados 9.536 novas infeções e morreram mais 40 pessoas desde a passada sexta-feira. Espanha totaliza nesta altura 3.707.523 casos de contágio e 80.236 vítimas mortais

Nos últimos 14 dias, a incidência acumulada diminuiu para 115 casos por cada 100 mil habitantes

18h26 - O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou hoje que a desigualdade na vacinação contra a Covid-19 ameaça todas as nações, reiterando a necessidade da partilha de vacinas para travar a fase aguda da pandemia.

Tedros Adhanom Ghebreyesus enfatizou que "a vacinação desigual é uma ameaça a todas as nações e não apenas às que contam com menos vacinas", ao permitir que o novo coronavírus SARS-CoV-2 "continue a propagar-se, aumentando as possibilidades de uma variante emergente fazer com que uma vacina seja menos eficaz".

17h31 - O Departamento de Saúde e de Assistência Social britânico anunciou esta segunda-feira que foram diagnosticados 5.683 novos contágios por coronavírus e morreu mais uma pessoa devido à Covid-19 no espaço de 24 horas. No total, o Reino Unido contabiliza 4.522.476 infeções e 127.841 óbitos.

40,4 milhões de pessoas foram inoculadas com a primeira dose das vacinas contra a Covid-19. Quase 28 milhões de pessoas já concluíram o processo de vacinação. 

17h01 - Já está disponível o autoagendamento da vacina contra a Covid-19 para pessoas com 43 ou mais.

Uma fonte da task force adiantou hoje à agência Lusa que "a grande maioria" verá o seu pedido concretizado a partir de 21 de junho. A mesma fonte disse ainda estimar que o autoagendamento da vacinação para maiores de 40 anos ocorra também esta semana.

16h52 - A farmacêutica Moderna anunciou hoje que entregou pedidos de autorização para a utilização da sua vacina contra a Covid-19 em adolescentes dos 12 aos 17 anos na União Europeia e no Canadá.

Os pedidos da farmacêutica dos Estados Unidos foram entregues junto da Agência Europeia dos Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) e da Saúde Canadá.

Atualmente a vacina da Moderna está autorizada apenas para pessoas a partir dos 18 anos.

16h41 - O certificado digital de vacinação poderá entrar em vigor em Portugal ainda na segunda quinzena de junho, antes da data prevista pela União Europeia, anunciou esta segunda-feira a ministra da Saúde.

"Ao nível do nosso país temos estado a trabalhar (...), têm estado a ser feitos testes, contamos ter os testes concluídos por esta semana e estar em condições de começar a fazer alguns avanços - independentemente daquilo que seja a entrada em vigor a 1 de julho - já na segunda quinzena do mês de junho", garantiu Marta Temido. 

16h13 -  Questionada sobre a situação de um centro de vacinação de Lisboa ter administrado a segunda dose da vacina da AstraZeneca a menores de 60 anos, por ser a única disponível, Marta Temido lembrou que os utentes dessa faixa etária podem optar por receber na mesma uma segunda dose igual à primeira. A governante deu o seu exemplo, contando que optou por tomar as duas doses da AstraZeneca.

15h43 - A ministra da Saúde, Marta Temido, garantiu hoje que a vacinação dos adolescentes em Portugal é "uma questão de tempo", reiterando que o plano irá continuar a seguir a ordem decrescente de idades.

"Com a possibilidade e autorização das entidades europeias para vacinação de adolescentes, temos um caminho para continuar a fazer nessa área", explicou, no final de uma visita à Unidade de Cuidados Continuados Integrados da Santa Casa da Batalha.

"Agora vamos continuar a abrir novas faixas etárias de vacinação, com a expectativa de que tenhamos estas faixas mais jovens a poder autoagendar-se algures em julho", acrescentou Marta Temido. 

15h32 - A ativista moçambicana Graça Machel defendeu hoje que o melhor resultado da cimeira de líderes do G7, esta semana no Reino Unido, seria um compromisso para distribuir rapidamente as vacinas anti-covid-19 que os países desenvolvidos têm "empilhadas".

"Se o fim de semana vier com um compromisso muito claro de partilhar as vacinas que estão sendo 'empilhadas' nos países desenvolvidos para disponibilizá-las aos países em desenvolvimento, isso por si só daria o sinal de que eles valorizam a vida das pessoas", afirmou a presidente da Fundação para o Desenvolvimento da Comunidade (FDC). 

Leia Também: AO MINUTO: Internados e incidência aumentam por cá; EMA deixa orientação

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório