Meteorologia

  • 04 OUTUBRO 2022
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 31º

AO MINUTO: Internamentos continuam a descer por cá; Pandemia não terminou

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Internamentos continuam a descer por cá; Pandemia não terminou
Notícias ao Minuto

08:22 - 29/04/21 por Mafalda Tello Silva

Mundo Covid-19

Com o desagravamento da pandemia e a vacinação a acelerar no país, o Governo aprova, esta quinta-feira, as medidas para a última fase do plano de desconfinamento que deverão incluir o regresso dos grandes eventos exteriores, de todas as modalidades desportivas e o levantamento de restrições horárias dos restaurantes, cafés e pastelarias.

O alívio das restrições já decorrerá fora do período do Estado de Emergência, que termina na sexta-feira e não será prolongado, por decisão do Presidente da República. Ao que tudo indica, passará a vigorar no país a situação de calamidade. 

Esta quinta-feira, o espaço exterior do Altice Forum Braga vai ser palco do primeiro de dois espetáculos-teste no contexto da pandemia de Covid-19, com 400 espectadores cada um, hoje com o humorista Fernando Rocha e, o segundo, na sexta-feira, com o músico Pedro Abrunhosa.

De acordo com os dados mais recentes, a situação epidemiológica em Portugal continua estável, sendo que, nas últimas 24 horas, foram reportados um óbito e 470 infetados por Covid-19, em 24 horas

Lá fora, o novo vírus continua a não dar tréguas na Índia, com o país a registar hoje um novo recorde mundial de contágios de 379.257 casos nas últimas 24 horas, ultrapassando os 18 milhões de infeções desde o início da pandemia.

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

15h50 - Este registo terminou. Continue a acompanhar aqui os principais desenvolvimentos, desta quinta-feira, sobre a pandemia em Portugal e no Mundo. E, não se esqueça: se sentir sintomas relacionados com o coronavírus ligue para a Linha SNS24 - 808 24 24 24.

15h43 - Semana de reabertura dos cinemas com quase 49 mil espectadores. As salas de cinema em Portugal contaram com quase 49 mil espectadores desde a reabertura e o filme mais visto foi 'Nomadland - Sobreviver na América', de Chloé Zhao, revelou o Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA).

15h39 - Alemanha identifica vários casos da variante detetada na Índia. As autoridades de saúde alemãs anunciaram hoje ter identificado no país vários casos da variante de Covid-19 inicialmente detetada na Índia, considerada em parte responsável por uma segunda vaga pandémica devastadora na Índia.

15h28 - UNICEF pede ajuda para a Índia. A UNICEF apelou, esta quinta-feira, à união de esforços para ajudar a Índia a superar a "devastadora" vaga da Covid-19 que assola, neste momento, o país. Contribua com uma doação para a entrega de bens da UNICEF aqui.

15h09 - Associação de Discotecas diz que é altura de reabrir espaços ao ar livre. A Associação Nacional de Discotecas (AND) considerou hoje ser já "o momento" para uma reabertura gradual dos espaços de diversão noturna e bares, fechados há mais de um ano devido à pandemia de Covid-19.

15h00 - Alívio no horário de confinamento em França a partir de maio. O presidente francês Emmanuel Macron revelou que o horário noturno do confinamento em França irá mudar a partir de maio. Em entrevista coletiva a diferentes meios de comunicação regionais, o governante esclareceu que o confinamento passará a ser obrigatório a partir das 21h00, em vez de às 19h00, a 19 de maio. A ideia, segundo Macron, será de prolongar o horário novamente a 9 de junho, passando das 21h00 para 23h00, até este deixar de existir a 30 de junho. 

Ainda a partir de 19 de maio, será também permitido que os restaurante, cafés e bares reabram as esplanadas e que os museus, cinemas e teatros voltem a abrir portas ao público. 

14h49 - Escolas de São Miguel reabrem segunda-feira para alguns níveis de ensino. Os alunos do primeiro e segundo anos do ensino básico e os do secundário que fazem exame nacional vão retomar, segunda-feira, as aulas presenciais na ilha de São Miguel, nos Açores, anunciou esta quinta-feira o Governo Regional.

14h38 - Lar no Montijo teve mais de duas mil visitas através da 'Box' das Emoções. A 'Box' das Emoções, projeto do lar Montepio, no Montijo, que permitiu há um ano o reencontro dos idosos com os familiares no contexto da pandemia e que continua hoje em funcionamento, proporcionou já mais de 2.200 visitas.

14h29 - Portugal regista mais uma vítima mortal e 470 casos. Portugal reportou, nas últimas 24 horas, mais um óbito e 470 contágios de Covid-19, informou, esta tarde, a Direção-Geral da Saúde (DGS). 

Neste momento, há, ao todo, 324 pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus internadas (menos oito do que ontem), sendo que destas 89 estão hospitalizadas em Unidades de Cuidados Intensivos (mais uma do que na vésper). 

14h15 - Tailândia torna uso de máscaras obrigatório e aperta restrições. A Tailândia impôs, esta quinta-feira, mais medidas de restrição em várias localidades do país, numa tentativa de travar o maior agravamento da pandemia, desde o surgimento do primeiro caso. 

De acordo com o The Guardian, as novas restrições incluem o uso obrigatório de máscara em espaços públicos, em todo o território tailandês, e o enceramento de restaurantes, bares, ginásios, cinemas e escolas na capital e nas localidades que a rodeia. Os transportes públicos encontram-se em funcionamento, ainda que com um horário reduzido, mas as deslocações para fora e dentro de Bangkok estão desaconselhadas. 

As autoridades classificaram a capital e cinco províncias perto da cidade as de maior risco no país. Mais 46 regiões encontram-se com restrições adicionais. 

14h10 - Risco de morrer de fome em África é maior que risco da pandemia. O presidente do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), Akinwumi Adesina, salientou hoje que o risco de morrer de fome em África é muito maior do que o risco de morrer da pandemia de Covid-19.

"Pandemia de Covid-19 trouxe o caos para África, com um impacto enorme no continente, fazendo com que cerca de 250 milhões de pessoas vão para a cama com fome, e o risco de morrer de fome é muito maior que o risco de morrer de covid-19", argumentou o presidente do banco na sessão inaugural do Diálogo de Alto Nível sobre como Alimentar África.

14h06 - Uso prolongado de equipamentos como máscaras agravou dores de cabeça. Mais de metade das pessoas que participaram num estudo sobre o impacto do uso de equipamento de proteção individual desenvolveram dores de cabeça após a utilização prolongada de máscaras e em 90% de quem já tinha histórico as crises agravaram.

13h56 - Governo "fará tudo" para ter livre-trânsito digital "no começo do verão". O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, garantiu hoje que a presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE) "fará tudo" para que o certificado verde digital entre em funcionamento "quando começar o verão".

13h41 - Ilha açoriana de São Miguel com 15 novos casos. Os Açores diagnosticaram, nas últimas 24 horas, 15 novos casos positivos de Covid-19, todos em São Miguel, decorrentes de 2.042 análises realizadas nos laboratórios de referência da região, informou esta quinta-feira a Autoridade de Saúde do arquipélago.

13h34 - Compras online aumentam 10% em 2020, revela o Banco de Portugal. As compras 'online' com cartões de pagamento portugueses cresceram 9,6% em 2020, ano de crise pandémica, sendo que a maioria do valor gasto é em comerciantes estrangeiros, segundo dados hoje divulgados pelo Banco de Portugal.

13h30 - "Pandemia não terminou. Tudo devemos fazer para não termos retrocessos". Presidente da República indicou, em declarações aos jornalistas no dia em que o Governo anunciará de que forma o país vai avançar no plano de desconfinamento, que se deve manter "atitude de precaução, prudência e contenção".

13h28 - Uso prolongado de equipamentos como máscaras agravou crises de cefaleia. Mais de metade das pessoas que participaram num estudo sobre o impacto do uso de equipamento de proteção individual desenvolveram dores de cabeça após a utilização prolongada e em 90% de quem já tinha histórico as crises agravaram.

13h25 - Risco de morrer de fome em África é maior que risco da pandemia. O presidente do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), Akinwumi Adesina, salientou hoje que o risco de morrer de fome em África é muito maior do que o risco de morrer da pandemia de Covid-19.

13h15 - Açores mantêm medidas restritivas apesar do fim do Estado de Emergência. Os Açores vão manter as medidas restritivas de controlo da pandemia de Covid-19, apesar do fim do estado de emergência, anunciou hoje o secretário da Saúde, alegando que a região tem suporte legal para o fazer.

13h06 - África tem de se preparar para evitar evolução igual à da Índia. O diretor do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana alertou hoje que o continente "tem de estar muito, muito bem preparado" para evitar a forte propagação da Covid-19 que tem acontecido na Índia.

13h00 - Pandemia já matou 3,15 milhões de pessoas no mundo. A pandemia do novo coronavírus matou até hoje pelo menos 3.152.646 pessoas no mundo desde o final de dezembro de 2019, segundo um levantamento realizado pela agência de notícias AFP a partir de fontes oficiais.

12h47 - Balanço do processo de vacinação em Portugal. Até ao dia de ontem, Portugal Continental já tinha administrado 3.084.946 de vacinas contra a Covid-19. De acordo com dados divulgados hoje pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS), 2.259.097 de portugueses já receberam a primeira dose da vacina e 825.849 já se encontram completamente imunizados. 

12h42 - Vacinados 99 elementos da Missão portuguesa contra a Covid-19. A primeira fase de vacinação contra a Covid-19 da Missão de Portugal aos Jogos Olímpicos Tóquio2020 terminou hoje, anunciou o Comité Olímpico de Portugal (COP), dando conta da imunização de 99 elementos.

12h38 - Portugal começa a negociar certificado verde digital na próxima semana. A presidência portuguesa da União Europeia (UE) saudou hoje a adoção da posição do Parlamento Europeu sobre o livre-trânsito digital comprovativo da testagem, recuperação ou vacinação anticovid-19, informando que a primeira reunião negocial é na próxima semana.

12h25 - Odemira já vacinou 6 mil pessoas. Cerca de seis mil pessoas já foram vacinadas contra a Covid-19 em Odemira, distrito de Beja, um dos concelhos que recuou no desconfinamento, e o município quer "chegar às 12 mil", até dia 5 de maio.

Em declarações à Lusa, o presidente da Câmara de Odemira, Alberto Guerreiro, sublinhou que o reforço do processo de vacinação, iniciado na semana passada, foi uma das medidas adotadas para responder ao agravamento da situação epidemiológica no concelho, a par do aumento da testagem e da criação de uma 'task force' concelhia.

12h13 - Números de novos infetados baixa na Europa pela 1.ª vez em dois meses. A Organização Mundial de Saúde (OMS) assinalou esta quinta-feira que o número de novos casos de contágio pelo SARS-CoV-2 caiu na Europa pela primeira vez em dois meses, mas assinalou que a taxa de infeção continua elevada.

12h05 - Assembleia de Macau aprova aumento de despesas em 860 mil milhões. A Assembleia Legislativa (AL) de Macau aprovou hoje o aumento das despesas do orçamento de 2021 em 8,3 mil milhões de patacas (860 milhões de euros), recorrendo à reserva financeira para fazer face aos gastos no combate à pandemia.

11h42 - Autoridades timorenses registam mais 66 casos de Covid-19 em Díli. As autoridades timorenses registaram nas últimas 24 horas 66 novos casos de infeção com a SARS-CoV-2, todos em Díli, com 10 deles a apresentarem sintomas da Covid-19, anunciou hoje o Centro Integrado de Gestão de Crise (CIGC).

11h34 - Catalunha deverá começar a vacinar Guarda Civil e Polícia Nacional na segunda-feira. Os elementos da Guarda Civil e da Polícia Nacional deverão começar a ser vacinados contra a Covid-19 na próxima segunda-feira, avançou esta manhã o El País, que cita fontes responsáveis pela gestão do plano de vacinação. 

11h28 - Transporte ferroviário China - Europa cresce durante a pandemia. O transporte ferroviário de mercadorias entre o centro da China e a Europa aumentou 60%, durante a pandemia da Covid-19, beneficiando de interrupções nas vias aérea e marítima, disse hoje à Lusa um funcionário chinês. 

11h23 - Governo pede "forte compromisso" com Europa Social. A ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, apelou hoje para um "forte compromisso" com a Europa Social, alertando para os efeitos demográficos da pandemia de Covid-19.

"Primeiro, a pandemia revelou tragicamente o risco agravado da doença e da exclusão social a que os nossos idosos estão expostos. Portanto, é essencial ter políticas informadas para melhorar instalações de cuidados de saúde, bem como promover o envelhecimento ativo", defendeu a governante, que interveio em representação da presidência portuguesa do Conselho da UE.

11h19 - "A pandemia ainda não terminou". Referindo-se à situação epidemiológica da Alemanha, Lothar Wieler, presidente do Instituto Robert Koch sublinhou, esta manhã, em conferência de imprensa, que "a pandemia ainda não terminou". Citado pela Reuters, o responsável referiu também que o número de contágios no país em pessoas com menos de 60 anos ainda se encontra muito elevado. 

11h11 - Pode ser possível vacinar crianças na UE a partir de junho, diz BioNTech. O laboratório alemão BioNTech, responsável pela vacina da Pfizer, anunciou esta quinta-feira que está prestes a submeter o pedido de autorização para uso da sua vacina contra a Covid-19 em crianças de 12 a 15 anos na União Europeia (UE), admitindo a aprovação a partir de junho.

10h55 - Vai andar de transportes públicos? Nunca é demais recordar as medidas de prevenção individual contra a Covid-19. O Serviço Nacional de Saúde (SNS) lembrou, esta manhã, que a utilização da máscara e a higienização das mãos nos transportes públicos são cuidados essenciais. "Escolha proteger-se!", pode ler-se numa breve mensagem divulgada nas redes sociais do SNS. 

10h38 - OMS sublinha urgência de acesso igual para todos aos dipositivos médicos. O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) sublinhou esta quinta-feira a urgência de sistemas mais resilientes que garantam acesso igual para todos aos dispositivos médicos, dando como exemplo os problemas de falta de oxigénio nos hospitais na Índia.

"O acesso aos dispositivos médicos foi sempre central e a pandemia mostrou isso", disse Tedros Ghebreyesus, na abertura da conferência internacional 'Disponibilidade, Acessibilidade e Sustentabilidade dos Medicamentos e Dispositivos Médicos'.

10h31 - Turquia inicia hoje primeiro confinamento total. A Turquia prepara-se para o seu primeiro confinamento total prolongado, das 19h00 de hoje até 17 de maio, para evitar um aumento nas infeções durante as festividades do final do Ramadão.

10h20 - Ministro da Saúde britânico é vacinado. O ministro da Saúde britânico Matt Hancock acabou de receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19. O governante partilhou uma imagem do momento, na sua conta oficial do Twitter. A vacina foi administrada no Museu da Ciência, no centro de Londres. "Fantástico! Fui vacinado. Entrei e saí em 8 minutos. Não doeu nada", escreveu na legenda da fotografia. 

10h03 - África com mais 352 mortes e 10.046 infetados. África registou mais 352 mortes associadas à Covid-19 nas últimas 24 horas, para um total de 121.154 vítimas mortais, e 10.046 novos infetados, de acordo com os dados oficiais mais recentes no continente. Segundo o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o número total de infetados nos 55 Estados-membros da organização é agora de 4.534.748.

9h51 - Confiança dos consumidores e clima económico sobem "significativamente". O indicador de confiança dos consumidores subiu, em abril, para níveis verificados no início da pandemia. Já o clima económico está num patamar que supera "ligeiramente" o observado no mês em que a Covid-19 chegou a território nacional (março de 2020).

9h45 - Índia prioriza importações de oxigénio. O ministro dos Negócios Estrangeiros indiano, Harsh Vardhan Shringla, disse esta manhã que o Governo está a priorizar importações de oxigénio, num momento em que o agravamento da pandemia deixou os hospitais sem recursos. Em conferência de imprensa, o governante revelou também que 40 países já se disponibilizaram para ajudar o país a combater a terceira vaga da Covid-19. 

"Estamos a falar de perto de 550 geradores de oxigénio que chegarão de diferentes lugares do mundo", disse Shringla, citado pela Reuters.

9h30 - Vacinação: Dezenas foram convocados para centro que ainda estava fechado. Várias pessoas foram convocadas, ontem, para se deslocarem a um centro de vacinação contra a Covid-19, em Sacavém, que ainda não tinha aberto e cuja inauguração está prevista para esta quinta-feira. 

A situação, relatada pela SIC Notícias, acabou por originar longas filas de espera até às 13 horas, depois de os utentes convocados terem sido encaminhados para outro pavilhão, em Loures. 

9h27 - Moderna espera produzir três mil milhões de vacinas em 2022. O laboratório americano Moderna anunciou esta quinta-feira a intenção de investir no processo de fabricação para conseguir produzir três mil milhões de doses da vacina contra o Covid-19, em 2022.

9h22 - Irlanda reabre economia em maio, mas restaurantes e bares só em junho. A República da Irlanda irá reabrir todas as lojas e serviços em maio, anunciou hoje o governo irlandês. Já os hotéis, restaurantes e bares só deverão regressar só no início de junho. 

9h02 - Quão perigosa e letal é a variante da Índia? Vacinas funcionam? A variante do novo coronavírus B.1.617 foi identificada pela primeira vez na Índia em outubro do ano passado. Atualmente, cientistas de todo o mundo estão a investigar o perigo que esta nova estirpe representa para a população. Reveja tudo o que já se sabe sobre a nova estirpe indiana aqui

8h57 - Díli volta ao confinamento obrigatório depois das cheias. O Governo timorense deliberou hoje retomar o confinamento obrigatório em Díli devido à pandemia, a partir de sexta-feira e até 13 de maio, que tinha sido levantado devido ao impacto das cheias que assolaram a capital, indicou a Casa Branca.

8h43 - Índia recebe hoje primeiros equipamentos médicos dos Estados Unidos. Os Estados Unidos anunciaram na quarta-feira o envio de equipamento médico avaliado em mais de 100 milhões de dólares (82,4 milhões de euros) para ajudar a Índia no combate à pandemia, devendo o primeiro carregamento chegar hoje.

Notícias ao MinutoCasal aguarda dentro do carro à porta de hospital destinado a pacientes Covid-19, em Ahmedabad, na Índia. © Reuters

8h30 - Parlamento Europeu aprova certificado de vacinação. O Parlamento Europeu anunciou, esta quinta-feira, que aprovou o certificado de vacinação Covid-19. Arrancam agora as negociações com a presidência portuguesa. A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, já reagiu através do Twitter.

8h05 - Fronteiras com Espanha reabrem sábado? Indica o jornal Público que as fronteiras terrestres com Espanha poderão abrir este sábado, dia também em que os restaurantes poderão já servir almoços e jantares, uma vez que o Conselho de Ministros, tudo indica, decidirá hoje antecipar o início da quarta fase do desconfinamento. Já o semanário Expresso avançava ontem, recorde-se, que o Executivo de António Costa estava a ponderar antecipar para este fim de semana o levantamento das restrições de horários.

7h49 - Goa entra em confinamento após novo recorde de casos. O estado indiano de Goa entra esta quinta-feira em confinamento durante quatro dias, após registar um novo recorde de casos de Covid-19, numa altura em que o país está a braços com uma devastadora segunda vaga de contágios.

7h31 - Alemanha reporta 264 mortos e perto de 25 mil novos casos. Alemanha contabilizou, nas últimas 24 horas, 264 óbitos e 24.736 novos contágios pelo novo coronavírus, informa, esta quinta-feira, o Instituto Robert Koch.  Com esta atualização, o país passa a contar, em termos cumulativos, com 82.544 mortos e 3.357.268 de contágios pelo novo vírus. 

7h23 - México com 371 mortos e quase 4 mil infetados. O México registou 371 mortes por Covid-19 e 3.818 novas infeções nas últimas 24 horas, segundo as autoridades mexicanas. Desde o início da pandemia, o país contabilizou 215.918 óbitos e 2.336.944 casos.

7h19 - Companhia aérea chinesa fecha as portas a passageiros vindos do Brasil. A companhia aérea chinesa China Southern Airlines deixou de transportar passageiros vindos do Brasil com destino à China, "de acordo com as necessidades de prevenção e controlo da pandemia" da Covid-19.

7h10- Dia Mundial da Dança é celebrado em palcos de todo o país. O Dia Mundial da Dança vai ser celebrado hoje, ainda em contexto de pandemia, mas com a cultura já desconfinada, através de espetáculos em palco, aulas e oficinas de norte a sul do país, para festejar uma linguagem universal. Veja aqui a programação

7h04 - EUA com mais 948 mortos e 54.311 casos. Os Estados Unidos registaram 948 mortes provocadas por Covid-19 e 54.311 casos da doença nas últimas 24 horas, segundo a contagem independente da Universidade Johns Hopkins. Desde o início da pandemia, o país acumulou 574.297 óbitos e 32.227.081 infeções confirmadas. Os EUA são o país com mais mortes e também com mais casos no mundo.

7h02 - China com 20 casos em 24 horas. A China detetou 20 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, todos oriundos do estrangeiro, anunciaram hoje as autoridades de saúde do país.

7h00 - Bom dia! Recorde aqui o os principais desenvolvimentos, que ocorreram ontem, sobre a pandemia em Portugal e no Mundo. 

Leia Também: AO MINUTO: Brasil produz a sua 1.ª vacina; Vacinas da UE "difamadas"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório