Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2022
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 15º

Turquia inicia hoje primeiro confinamento total

A Turquia prepara-se para o seu primeiro confinamento total prolongado, das 19h00 de hoje até 17 de maio, para evitar um aumento nas infeções durante as festividades do final do Ramadão.

Turquia inicia hoje primeiro confinamento total
Notícias ao Minuto

10:19 - 29/04/21 por Lusa

Mundo Covid-19

Neste período, os turcos só poderão sair para fazer compras entre as 05h00 e as 17h00.

Embora o encerramento de todas as atividades não essenciais já esteja a ser aplicado durante o fim de semana, pela primeira vez durante a pandemia o confinamento será estendido aos dias úteis.

O encerramento tem causado multidões em alguns supermercados, especificamente para a compra de bebidas alcoólicas, já que a sua venda ficará proibida durante as quase três semanas de restrições.

Durante este período, as viagens entre as províncias também serão proibidas e o transporte público urbano funcionará com 50% da sua capacidade.

Já estavam encerrados desde novembro cinemas e teatros, além de bares e restaurantes, que poderão continuar a servir em regime de entrega ao domicílio ou 'take way'.

Este confinamento total prolongado ocorre quando a Turquia experimenta uma redução no número de infeções diárias, de um pico de 65.000 há uma semana para 40.000 no dia de hoje.

As mortes caíram nesse período de 362 por dia, o recorde durante a pandemia, alcançado na quarta-feira da semana passada, para 341 na quarta-feira desta semana.

A oposição turca alerta que os casos de infeções são muito superiores aos números oficiais.

Apesar de haver uma tendência positiva, o Governo quer evitar um aumento nos casos durante as festividades no final do Ramadão, que decorrem no início de maio, quando milhares de turcos se deslocam pelo país para visitar as suas famílias.

A Associação Médica Turca (TTB) pede há muito um confinamento total, entendendo que as medidas atuais, essencialmente o recolher obrigatório noturno e o encerramento de hotéis, eram insuficientes para conter a pandemia.

"Num momento em que a Europa está a entrar numa fase de reabertura, devemos reduzir rapidamente o nosso número de casos para menos de 5.000 para não ficarmos para trás", disse o Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, na segunda-feira, ao anunciar o confinamento.

"De contrário, teremos consequências em todos os campos, do turismo ao comércio e educação", acrescentou.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.137.725 mortos no mundo, resultantes de mais de 148,6 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: Covid-19: Turquia compra 50 milhões de doses da vacina russa Sputnik V

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório