Meteorologia

  • 23 ABRIL 2021
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 20º

Edição

Paquistão quer nova relação com Rússia com mais comércio e cooperação

O ministro dos Negócios Estrangeiros paquistanês, Shah Mahmood Qureshi, afirmou hoje que o seu país quer estabelecer uma nova relação com a Rússia centrada no comércio e na cooperação ao nível da segurança.

Paquistão quer nova relação com Rússia com mais comércio e cooperação

"O Paquistão quer construir uma relação forte e multidimensional com a Rússia. É uma prioridade para nós", disse Qureshi numa conferência de imprensa com o seu homólogo russo, Serguei Lavrov, em visita ao país.

O chefe da diplomacia paquistanesa indicou que esta é uma "nova forma" de encarar as suas relações com a Rússia, país que considerou um "fator de estabilidade regional e global".

A visita de Lavrov ao Paquistão é a primeira de um chefe da diplomacia da Rússia em nove anos.

"Estabelecemos um diálogo político ao mais alto nível", disse o diplomata russo.

Os ministros indicaram que os dois países procuram promover as suas relações económicas, que cresceram 46% no ano passado, atingindo os 790 milhões de dólares (664 milhões de euros).

Lavrov afirmou que a Rússia está disposta a vender ao Paquistão "equipamento militar especial" com objetivos antiterroristas, adiantando que também analisou com o seu homólogo paquistanês a cooperação russa ao nível da energia nuclear.

Foi igualmente discutida a construção pela Rússia do gasoduto Norte-Sul, que transportaria gás da cidade de Carachi (sul) para Lahore (leste), projeto aprovado em 2015, mas ainda não concretizado, segundo a agência noticiosa espanhola EFE.

Lavrov também anunciou que a Rússia fornecerá ao Paquistão 150.000 doses da sua vacina Sputnik V contra a covid-19, que se juntariam às 50.000 já à venda por privados em território paquistanês.

Discutido foi ainda o processo de paz no vizinho Afeganistão.

Face ao impasse nas negociações entre o Governo afegão e os talibãs, que começaram em setembro no Qatar, a Rússia organizou uma conferência de alto nível em Moscovo no mês passado com a presença dos Estados Unidos, China e Paquistão.

A próxima conferência intergovernamental entre os dois países decorrerá ainda este ano em Moscovo.

Leia Também: Bolsonaro e Putin conversam por telefone sobre vacina Sputnik V

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório