Meteorologia

  • 15 ABRIL 2021
Tempo
22º
MIN 16º MÁX 22º

Edição

AO MINUTO: N.º de casos diários foi hoje o mais baixo desde 11 de outubro

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: N.º de casos diários foi hoje o mais baixo desde 11 de outubro

Marcelo Rebelo de Sousa enviou, na quarta-feira, para a Assembleia da República o decreto para o 12.º Estado de Emergência. O Presidente da República defende que "o futuro desconfinamento deve ser planeado por fases, com base nas recomendações dos peritos e em dados objetivos, como a matriz de risco, com mais testes e mais rastreio, para ser bem-sucedido". O diploma tem conteúdo idêntico ao atualmente em vigor, mas especifica agora que a eventual definição de limites ao ruído compete ao Governo através de decreto-lei.

A renovação do Estado de Emergência até 16 de março, refira-se, tem aprovação garantida no Parlamento com apoio do PS, PSD, CDS-PP e PAN.

Já os líderes da União Europeia vão reunir-se por videoconferência com o objetivo de acelerar o processo de vacinação e o aumento da produção de vacinas na Europa.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) revelou, esta quinta-feira, que foram registados, nas últimas 24 horas, mais 49 mortos e 1.160 casos confirmados de Covid-19. Em termos acumulados, o país soma 6.185 vítimas mortais e 801.746 infeções por SARS-CoV-2.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

15h30 - Termina aqui este registo, mas pode acompanhar as novas atualizações aqui.

15h09 - O Parlamento debate, esta quinta-feira, o 12º Estado de Emergência, que tem aprovação garantida com apoio do PS, PSD, CDS-PP e PAN.

14h54 - Atualização em Portugal: Portugal mantém tendência de descida e regista, esta quinta-feira, mais 49 mortos e 1.160 casos confirmados de Covid-19. Em termos acumulados, o país soma 801.746 infeções por SARS-CoV-2 e 16.185 vítimas mortais.

O número de mortos reportado hoje é o baixo desde 8 de novembro do ano passado, quando foram registadas 48 vítimas mortais. Quanto aos infetados, o número de casos diários desta quinta-feira é o baixo desde 11 outubro de 2020, dia em que foram identificados 1.090 contágios em 24 horas.

O boletim epidemiológico de hoje revela igualmente que os números relativos ao internamento continuam a descer. Em enfermaria há menos 154 internados (total de 2.613) e menos 31 em unidades de cuidados intensivos (total de 536).

14h41 - Entre outros aspetos, o Governo apoia a Reforma dos Cuidados de Saúde Primários no Plano de Recuperação e Resiliência.

14h37 - Elisa Ferreira "convicta" que 70% da população estará vacinada no verão: A comissária europeia da Coesão e Reformas, Elisa Ferreira, disse hoje estar "convicta" de que a União Europeia (UE) vai cumprir a meta de vacinar 70% da população contra a covid-19 até ao verão.

14h33 - A vacinação contra a covid-19 de 1.300 pessoas de Paredes de Coura iniciou-se hoje no Centro Cultural da vila, dotado de condições para fazer 400 inoculações por dia, informou aquela Câmara do distrito de Viana do Castelo.

14h32 - Portugal já administrou mais de 752 mil vacinas: O Serviço Nacional de Saúde (SNS) informou, esta quinta-feira, que já foram administradas 752.317 vacinas contra a Covid-19, em todo o território nacional.

No total, 497.040 pessoas já receberam a primeira dose da vacina e 255.277 tomaram ambas, detalhou ainda o SNS

13h26 - Hungria prolonga restrições: A Hungria vai prolongar por mais duas semanas, até 15 de março, as restrições relativas à covid-19, incluindo a obrigação de recolhimento noturno e o encerramento de restaurantes, museus e cinemas, anunciou hoje o Governo do país.

13h24 - Atualização no mundo: A pandemia do novo coronavírus matou pelo menos 2.498.003 pessoas no mundo desde dezembro de 2019, segundo um levantamento realizado hoje pela agência de notícias AFP a partir de fontes oficiais às 11h00.

13h11 - Na rede social Instagram, o Governo reitera que o plano de desconfinamento que circula é falso.

12h49 - "É falso" plano de desconfinamento que está a circular nas redes sociais: Um documento que começou, esta quinta-feira, a circular nas redes sociais e que antecipa o plano de desconfinamento "é falso", garantiu fonte da Presidência do Conselho de Ministros ao Notícias ao Minuto. A "falsificação" será comunicada ao Ministério Público.

12h48 - Vírus continua fora de controlo um ano após chegar ao Brasil: Especialistas consideram que a transmissão da covid-19 continua descontrolada no Brasil, um ano depois de ter sido detetada, e há respostas ineficientes das autoridades, um alto grau de polarização e crise económica.

12h15 - Bulgária suspende "corredores de vacinação" e culpa AstraZeneca: O Governo búlgaro suspendeu hoje os chamados "corredores verdes", abertos há seis dias para quem quisesse ser vacinado, devido ao fornecimento insuficiente de vacinas, responsabilizando a farmacêutica AstraZeneca por não cumprir a entrega das doses encomendadas.

11h58 - Marcelo fala hoje ao país: Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai falar ao país hoje às 20h00, na sequência da aprovação pelo parlamento do diploma que renova o estado de emergência até 16 de março.

11h57 - Vacina chinesa usada em vários países ainda não foi revista para África: O Centro para a Prevenção e Controlo de Doenças da União Africana (África CDC) disse hoje que ainda não recebeu informação sobre as vacinas chinesas contra a covid-19, apesar de estarem a ser usadas em vários países.

11h56 - Finlândia vai aumentar medidas para combater a propagação do vírus: A Finlândia vai declarar estado de emergência e aumentar drasticamente as medidas pata conter a covid-19, incluindo encerrar bares e restaurantes durante três semanas a partir de 8 de março, anunciou hoje o Governo finlandês.

11h55 - OMS alerta para sequelas que precisam de cuidados prolongados: A Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou hoje para os efeitos a longo termo da covid-19, defendendo que as pessoas que deles sofrem precisam de cuidados continuados e prolongados.

11h54 - Mais de 300 brasileiros aguardam voo em Portugal para regressar: O presidente da Associação Brasileira em Portugal (ABP) alertou hoje que há uma lista com cerca de 300 brasileiros retidos em Portugal, com passagens compradas, que poderão não conseguir viajar no voo de sexta-feira, anunciado pelas autoridades.

11h51 - Pais de menina que morreu com Covid-19 deixam alerta: Os pais de Gigi Morse, de seis anos, que morreu de Covid-19 no ano passado, alertam agora para os sintomas da doença provocada pelo novo coronavírus nas crianças, que, garantem, é diferente dos adultos.

A pequena Gigi morreu, infetada com o SARS-CoV-2, no dia 4 de agosto de 2020, no estado norte-americano do Tennessee. Os pais indicam que a menina aparentava estar bem nas horas que antecederam a morte, apresentando apenas alguns sintomas invulgares.

Apesar de a temperatura corporal de Gigi estar normal, a menina de seis anos tinha um irritação cutânea no ombro e tinha vomitado duas vezes.

11h02 - O comissário europeu do Orçamento insistiu hoje na importância de os parceiros sociais serem envolvidos na elaboração dos Planos de Recuperação e Resiliência (PRR), considerando que tal é "crucial" para garantir o sucesso da sua implementação.

11h00 - Pequim nega obrigação de testes anais a diplomatas norte-americanos: A República Popular da China negou hoje que diplomatas norte-americanos no país tenham de submeter-se a testes anais de deteção de SARS CoV-2, após notícias publicadas em Washington sobre pessoal diplomático obrigado a submeter-se ao procedimento.

10h47 - Atualização em África: África registou mais 373 mortos nas últimas 24 horas devido à covid-19, para um total de 102.470 óbitos, e 11.782 novos casos do novo coronavírus, segundo os dados oficiais mais recentes da pandemia na região.

10h46 - Pandemia está a tornar-se mais mortal em África: A pandemia de covid-19 está a tornar-se mais mortal em África, alertou hoje o África CDC, indicando que 21 dos 54 países do continente têm agora taxas de letalidade superiores à média mundial.

10h08 - O Serviço Nacional de Saúde (SNS) reitera, esta quinta-feira, a necessidade de prestar atenção aos sintomas característicos da Covid-19.

10h05 - Investigadores detetam nova variante perigosa do vírus em Nova Iorque: Duas equipas de investigadores disseram esta semana que encontraram uma nova variante do coronavírus considerada preocupante em Nova Iorque, nos Estados Unidos, e em outros lugares do nordeste do país, que carrega mutações que ajudam a evitar a resposta imunológica natural do corpo à vacina bem como os efeitos dos tratamentos de anticorpos monoclonais.

10h00 - Aeroporto de Macau regista quebra de 88%: O aeroporto internacional de Macau anunciou hoje uma quebra de 88% no número de passageiros em 2020, em relação a 2019.

09h53 - Variante californiana mais transmissível e letal: A nova variante do coronavírus da Califórnia parece ser mais mortal, propaga-se mais facilmente e pode debilitar a eficácia da vacina, alertam especialistas.

09h50 - Aumenta presença de ratos em zonas residenciais de Londres: Os controladores de pragas de Londres revelam que o confinamento está a fazer disparar o número de ratos nas zonas residenciais.

09h24 - Taiwan aligeira restrições à entrada de estrangeiros: Taiwan vai começar a levantar algumas restrições à entrada de visitantes estrangeiros a partir de 1 de março, permitindo igualmente a escala de passageiros em trânsito no aeroporto internacional, anunciaram as autoridades.

09h22 - Estudo avaliou o inchaço de gânglios linfáticos em mulheres vacinadas: Após a vacinação com as propostas da Moderna e da Pfizer/BioNTech, foi verificada uma inflamação nos gânglios linfáticos em algumas mulheres nos Estados Unidos. A reação, por se assemelhar a características de tumores malignos, chamou a atenção de profissionais de saúde.

08h43 - De acordo com o El Periódico, as autoridades sanitárias espanholas estão a preparar um plano para que o vírus não se descontrole durante a Semana Santa.

08h10 - DGS dá luz verde a eventos-piloto com testes rápidos à entrada: A Direção-Geral da Saúde (DGS) permitiu a realização de eventos-piloto para perceber como é que poderão ser levados a cabo os festivais e eventos este ano, face à pandemia de Covid-19, revela o Jornal de Notícias.

A decisão foi tomada na última reunião entre Governo, DGS e promotores de espetáculos e os pormenores serão decididos num próximo encontro, que está já agendado para o dia 4 de março.

Esta decisão da DGS, escreve ainda o JN, tem por base um documento apresentado pelas associações do setor, onde se prevê que os eventos-piloto poderão realizar-se no Pavilhão Rosa Mota, no Porto, e no Campo Pequeno, em Lisboa. Prevê-se ainda que sejam feitos testes rápidos à covid-19 até 72 horas antes do evento e que esse teste seja repetido à entrada do recinto no dia do evento. Após 14 dias, estes participantes devem responder a um questionário e fazer de novo o teste.

O jornal diário avança ainda que estes eventos-piloto não deverão acontecer antes do final do confinamento e que, por isso, a demora no processo poderá colocar em causa a realização dos primeiros festivais de verão.

07h36 - ZERO apela para decreto que regule o ruído em teletrabalho. A associação ambientalista Zero reiterou hoje o pedido ao Governo para integrar o apelo mais concreto do Presidente da República para um decreto-lei da redução do ruído permitir o teletrabalho durante o estado de emergência.

07h30 - Anticorpos da Covid-19 podem impedir reinfeção.Um estudo, publicado esta quarta-feira na revista JAMA Internal Medicine e realizado por investigadores do National Cancer Institute, descobriu que pessoas que foram infetadas e testaram positivo para os anticorpos contra a Covid-19 têm menos probabilidade de reinfeção quando comparados com aqueles que testaram negativo.

07h25 - Líderes europeus discutem hoje como acelerar vacinação na UE. Os líderes da União Europeia celebram hoje nova videoconferência consagrada ao combate à pandemia de covid-19, tendo desta feita como principal preocupação a aceleração do processo de vacinação e o aumento da produção de vacinas na Europa.

07h20 - Vacina da Moderna contra variante sul-africana pronta para ensaios.A empresa norte-americana de biotecnologia Moderna anunciou hoje que uma versão modificada da sua vacina, desenvolvida especificamente contra a variante sul-africana, está pronta pra ser testada em humanos no quadro de ensaios clínicos.

07h15 - Atualização na Alemanha: A Alemanha contabiliza, esta quinta-feira, mais 385 mortes e 11.869 novos casos de Covid-19. Desde o início da pandemia, o país contabilizou 2.414.687 infeções pelo novo coronavírus e 69.125 óbitos.

07h10 - Parlamento aprova hoje renovação da Emergência. O Parlamento vai debater e votar hoje a renovação do Estado de Emergência até 16 de março para permitir medidas de contenção da covid-19, que tem aprovação assegurada, com o apoio de PS, PSD, CDS-PP e PAN.

07h08 - Senado do Brasil dá primeiro passo para que empresas comprem vacinas. O Senado brasileiro aprovou na quarta-feira um projeto de lei, que ainda será analisado pela Câmara dos Deputados, que autoriza as empresas privadas do país a comprarem as suas próprias vacinas contra a covid-19.

07h05 - Portugal promove debate para acelerar produção de vacinas. A presidência portuguesa da União Europeia (UE) vai hoje promover um debate entre os ministros da Indústria dos 27 Estados-membros para acelerar a produção de vacinas contra a covid-19 no espaço comunitário, de forma a aumentar as imunizações.

07h05 - Enquanto dormia:

07h00 - Bom dia! Iniciamos um novo registo de acompanhamento da pandemia. Pode recordar o anterior aqui.

Leia Também: AO MINUTO: "Recuperação é compromisso do país"; Situação piora no Brasil

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório