Meteorologia

  • 28 FEVEREIRO 2021
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 19º

Edição

Doze mortos com sinais de tortura no Estado mexicano de Veracruz

Doze pessoas foram encontradas mortas numa estrada rural do estado mexicano de Veracruz, com sinais evidentes de tortura, revelaram hoje as autoridades locais.

Doze mortos com sinais de tortura no Estado mexicano de Veracruz
Notícias ao Minuto

22:12 - 18/01/21 por Lusa

Mundo Veracruz

De acordo com fontes da polícia e governo federal, citadas pela agência Efe, os fatos ocorreram na noite de domingo no município de Las Choapas, no sul de Veracruz, e as primeiras investigações apontam para um massacre relacionado com uma disputa entre produtores de gado.

As vítimas tinham as mão e os pés amarrados e foram abandonadas na beira de uma estrada que liga as periferias da localidade.

O governador de Veracruz, Cuitláhuac García Jiménez, explicou hoje que o crime se deveu a uma disputa entre fazendeiros da região.

"As primeiras investigações revelam que um grupo de fazendeiros e os seus ajudantes se desentenderam na área entre Las Choapas e Uxpanapa", explicou o responsável, adiantando que "os abusos e ameaças entre eles geraram um confronto que teve este desfecho infeliz".

O governador garantiu ainda que este crime não irá ficar impune, pois considera que a justiça não pode ser feita pelas próprias mãos.

"Não permitiremos que acontecimentos tão infelizes, como o que aconteceu na comunidade de Las Choapas fiquem impunes. Deve ficar muito claro: a justiça nunca pode ser feita pelas próprias mãos", salientou o responsável.

O massacre ocorreu numa região economicamente rica devido às milhares de cabeças de gado que existem e numa zona em que há uma elevada criminalidade.

Em Las Choapas, grupos de autodefesa, cidadãos armados e organizados têm sido historicamente formados para repelir os ataques do crime organizado.

No ano passado, pelo menos 5.380 incidentes de extrema violência ocorreram no país, podendo mesmo ser classificados como atrocidades, segundo o relatório recente da ONG Causa en Común.

Em 2020, Veracruz era a oitava região do país com o maior número de vítimas (292) em resultado das atrocidades cometidas, segundo o documento.

O relatório define "atrocidade" ao uso intencional da força física para causar morte, laceração ou abuso extremo, sendo que engloba também o uso intencional da força fisica para causar a morte a um grande número de pessoas.

A definição abrange ainda a violência física que causa a morte de pessoas vulneráveis ou em que haja interesses políticos ou que vise provocar terror.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório